Campello espera acelerar buscas do Vasco por novo treinador: “Conversas podem começar”


Sem treinador desde a saída de Abel Braga na segunda-feira da semana passada, o Vasco pretende acelerar a busca por um novo nome. É o que garantiu o presidente Alexandre Campello nesta quinta, em entrevista ao canal “Atenção, Vascaínos!”. Campello acredita que “está no momento de começar a trabalhar isso”.

– Tem se especulado muito sobre treinador, se falado muita coisa, mas ainda não existe nada – começou falando o presidente do Vasco.

“Está no momento de começar a trabalhar isso. Acho que as conversas podem começar, com contrato com vigência a partir da apresentação dos atletas, é claro. Não adianta contratar treinador e começar a pagar dia 1º com o time em férias”, completou.

Alexandre Campello tem alguma preferência com relação a treinadores estrangeiros ou brasileiros. Ele respondeu:

– Tudo na vida depende muito de oportunidade, e a gente tem que entender a realidade do clube e as oportunidades de mercado. Acho que não tem essa coisa de ser estrangeiro ou brasileiro. Tem que pensar. Se vale a pena trazer um estrangeiro, não é porque um ou outro deram certo. A gente pode trazer alguém de fora e dar certo, como deu certo com o Jesus e o Sampaoli. Mas pode trazer também e não dar certo. Temos que analisar as oportunidades.

Apelo a sócios e “antena ligada” em Coutinho

Com a situação financeira complicada do Vasco, o presidente reconheceu que a tendência é piorar com a paralisação por conta do coronavírus. É por isso que, segundo Campello, qualquer fonte de renda neste momento é bem-vinda. Como, por exemplo, a dos sócios. Ele fez um apelo para que os torcedores sigam associados ao clube.

– Em qualquer cenário, o programa de sócios é fundamental. Aliás, qualquer receita no clube hoje é importante. Quando fizemos essa campanha, foi feito com valor bastante baixo. Não era no sentido de ter um ganho substancial no primeiro momento, mas de aumentar o número de sócios e, num segundo momento, subir um pouco valor do ticket. A gente espera que o torcedor entenda isso e renove esse contrato porque o clube vai precisar dessa e de todas as receitas possíveis – afirmou ele.

Especula-se na Europa que Philippe Coutinho, do Bayern de Munique, pode mudar de clube – o Chelsea aparece como um dos principais interessados. Uma transferência significaria dinheiro nos cofres do Vasco através do mecanismo de solidariedade. Sobre o assunto, Alexandre Campello resumiu:

– A gente sempre está com antena ligada, ainda mais no que diz respeito a dinheiro.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠