Juvenil: Grupo Casaca, Arquiba Vasco, Site Casaca e Euriquinho criticam repreensão pública do Vasco ao goleiro Cadu


Grupo Casaca! Oficial @GrupoCasaca

A condenação pública a um jogador sub 17 do @Vascodagama, em momento de desabafo, pela própria diretoria do clube mostra o quanto essa gente joga para a mídia, em vez de cumprir o seu papel educacional obrigatório. Essa diretoria não existe.

Fonte: Twitter Grupo Casaca

ArquibaVasco

O grupo ArquibaVasco vem, por meio desta, em sua defesa irrestrita dos interesses do Vasco e dos seus atletas, repudiar o julgamento coletivo que o jovem Kadu, goleiro da categoria sub 17, vem sofrendo.

Kadu era amigo de inúmeros atletas do flamengo e também sofreu bastante com a tragédia do início do ano. É estarrecedor que ele seja tão julgado por um fato completamente isolado.

Assim, é um dever incontroverso da diretoria prestar apoio ao atleta e sua família, coibindo e enfrentando o linchamento virtual que vem ocorrendo e que pode gerar sequelas irreparáveis.

Lamenta-se que as pessoas julguem o caráter de um menino de 17 anos por uma fala isolada.

Fonte: Facebook ArquibaVasco

CASACA

O goleiro Kadu, do Sub 17 do Vasco, ao ser provocado por atletas do Flamengo, que entoavam “eliminado” para os jogadores do Vasco, na Gávea, após a disputa de hoje válida pelo Campeonato Estadual da categoria, respondeu às provocações com o seguinte dizer, segundo o Globoesporte.com: “Resolvam a dívida de vocês com os meninos que morreram”.

A atitude do goleiro, que deveria fazer calar todos os rubro-negros presentes no estádio e na sede pelo que o rubro-negro fez desde o episódio no qual protagonizou, trouxe, no entanto, revolta contra ele, pois na Gávea devem achar normal fazer o que faz o Flamengo com as famílias das vítimas ao longo dos meses.

Até aí é problema do modus operandi do Flamengo, faz parte de sua história e de seus hábitos históricos.

Incrivelmente vem o Vasco passar pano no Flamengo e expor seu atleta como se ele tivesse dito um absurdo, quando o absurdo é a atuação do Flamengo pós episódio até hoje.

Por fim isso acabou por levar o goleiro a pedir desculpas em público por algo que nada tem a ver com desrespeito às vítimas e sim uma cobrança que deveria vir de toda a sociedade ao clube da Gávea.

Para completar, um atleta rubro-negro manda a seguinte pérola em mídia social:

“Ganhamos em campo e na porrada. Podem falar o que for só não falar dos nossos. Respeita as dores dos outros rapá (sic)”.

Caso a fala do goleiro do Vasco tenha sido a reproduzida pelo GloboEsporte.com ela obviamente falava dos responsáveis por pagar os familiares das vítimas e todos devem saber, até os mais ignorantes, que isso é responsabilidade da instituição Flamengo e não do elenco Sub 17.

E de dentro do Flamengo deveria vir o chamamento a tal responsabilidade.

Quem, de fora do clube fizer tal chamamento à responsabilidade deve motivar aos rubro-negros apenas baixarem a cabeça e cobrarem de seus dirigentes a satisfação de pagamento às famílias das vítimas. PONTO.

Fonte: Facebook Site Casaca

Eurico Angelo B de O Miranda ◤✠◢ @euricobmiranda

Não se sabe ao certo o que aconteceu mas não é nem um absurdo cobrar uma atuação digna do responsável pelas mortes!! Estão invertendo as coisas, famílias devem ser respeitadas e muito e é exatamente isso que se cobra e o urubu não faz. Respeito às famílias, aos que abandonam não!

Todos, clubes, justiça, mídia e outros deveriam é cobrar e muito!!! As famílias, que merecem todo o apoio, estão sendo deixadas de lado enquanto bajulam os que abandonam!!! Tudo invertido!!! Chega!!!

Fonte: Twitter do ex-VP de futebol do Vasco Eurico Brandão Miranda

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠