Há 37 anos, Luxemburgo começou carreira no Vasco e foi campeão em cima do Flamengo


Vanderlei Luxemburgo pode ser um torcedor declarado do Flamengo, mas, ao menos profissionalmente, suas origens estão no Vasco. Em 1982, quando havia acabado de se aposentar dos gramados, recebeu sua primeira grande oportunidade em São Januário, quando foi auxiliar de Antônio Lopes.

Luxemburgo (à esquerda), durante festa de aniversário de Antônio Lopes, em 1982: dupla trabalhou no Vasco — Foto: Site oficial de Antônio Lopes

Luxemburgo (à esquerda), durante festa de aniversário de Antônio Lopes, em 1982: dupla trabalhou no Vasco — Foto: Site oficial de Antônio Lopes

A parceria deu certo de imediato: o Vasco de Lopes e Luxemburgo foi campeão carioca daquele ano, em cima justamente do Flamengo, então atual campeão mundial e da Libertadores. Depois, foi para o Campo Grande, indicado pelo então presidente cruz-maltino, Antônio Calçada, e deu início à carreira de técnico.

– O Vasco não é uma novidade para mim. Já trabalhei no Vasco com o Antonio Lopes. Sei o que o Vasco tem de fazer, suas necessidades. Minha proposta é vir para cá para trabalhar muito e recuperar a autoestima do clube. É um trabalho que vai dar certo – contou Luxemburgo, agora como treinador do Vasco, pela primeira vez na carreira.

Campeão com meio time mudado

A conquista do Vasco naquele ano teve um elemento curioso. O time chegou ao triangular final por ter a melhor campanha geral – o Flamengo levou a Taça Guanabara, e o America, a Taça Rio.

Insatisfeito com o rendimento dos jogadores, Antonio Lopes promoveu grande mudança no time: trocou cinco titulares. Barrou a então promessa Geovani, por exemplo. E promoveu a entrada de Acácio no gol – hoje, ele é auxiliar permanente do clube.

No triangular, o Vasco venceu o America por 1 a 0 com grande atuação de Acácio. Depois, bateu o Flamengo pelo mesmo placar, gol de Marquinho, titular que havia sido barrado e entrou no segundo tempo para definir o título. Veja no vídeo abaixo:

Veja o gol de Marquinho para o Vasco, na final do Carioca de 1982

Veja o gol de Marquinho para o Vasco, na final do Carioca de 1982

– Com liberdade de fazer aquilo que eu queria fazer, ele falava para fazer um treinamento e eu fazia. Um ex-jogador de futebol tem de se libertar do ex-jogador. Se sair de jogador para técnico, você bate na trave. O tempo em que fiquei de assistente do Lopes foi muito bom para me desvencilhar. Aí eu falei para ele que queria virar técnico, tomar as porradas que ele tomava – explicou Luxemburgo.

Ficha técnica do jogo:

VASCO 1 X 0 FLAMENGO

Data: 05/12/1982

Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Juiz: José Roberto Wright;
Renda: Cr$ 83 219 900,00;
Público: 113 271 pessoas;
Gol: Marquinho (Vasco), aos três minutos do segundo tempo;
Cartão amarelo: Andrade, Tita e Dudu;
Expulsão: Júnior.

VASCO: Acácio. Galvão, Celso. Ivã e Pedrinho; Serginho, Ernâni e Dudu (Marquinho); Pedrinho Gaúcho (Rosemiro), Roberto Dinamite e Jérson. Técnico: Antônio Lopes

Flamengo: Raul, Leandro, Figueiredo. Marinho e Júnior; Andrade, Adílio (Vítor) e Zico; Tita, Nunes e Lico (Wilsinho). Técnico: Paulo César Carpegiani

 — Foto: Divulgação

— Foto: Divulgação

Seja Sòcio Gigante agora

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠