Quem será? Entenda os desafios do próximo técnico do Vasco


O Vasco já demitiu Alberto Valentim e já definiu Marcos Valadares, técnico do time sub-20, para comandar a equipe na quarta-feira, contra o Santos. Logo, seja ele o efetivado ou haja um novo contratado para a função, o próximo treinador saberá quais horizontes seguir no ano: se vivo ou eliminado da Copa do Brasil, além do Campeonato Brasileiro.

Não deixa de ser uma vantagem para o próximo comandante chegar sabendo o tempo que terá para treinar a equipe. Porém, para ter havido uma demissão é porque alguma ou algumas coisas não estavam bem. Elencamos:

A “fritura” de Valentim se deu mais de fora para dentro do clube. Mas não apenas a insatisfação da torcida resultou na demissão. A eterna pressão dos conselheiros e do vestiário vascaínos foram determinantes, e continuarão ativos na cultura do clube. É preciso conseguir blindar o elenco, o que Valentim parece não ter conseguido, pela avaliação da diretoria.

Em campo, o Vasco vive o pior momento técnico da equipe no ano. O time que, no início, chegou a ter 13 jogos de invencibilidade, foi irregular no meio do caminho e amargou, nos últimos oito dias, três derrotas por 2 a 0 – nenhum gol marcado e seis sofridos no período.

A defesa até vinha sendo elogiada. Mas foi chegar a reta final do Estadual e o início dos jogos contra equipes mais qualificadas que a irregularidade virou má fase de vez. E a sequência só vai ficar mais dura a partir de agora.

Ofensivamente, Maxi López chegou a ser barrado, viu Tiago Reis assumir a posição, mas as últimas tentativas do agora ex-treinador foram sem centroavante, para começar os jogos. O argentino, contudo, entrou bem nesta última partida. Pode ser pilar para a nova versão cruz-maltina que surgirá.

E o meio-campo precisa se redesenhar: Bruno César? Lucas Santos? Yago Pikachu por dentro? Uma formação que alie consistência na marcação e volume ofensivo precisa ser encontrada. Lucas Mineiro se destacou nas primeiras semanas, mas um armador central, por exemplo, ainda não se afirmou até aqui

Paralelamente, a boa campanha na última Copa São Paulo de Juniores, aliada à história de boa formação da base vascaína, faz a torcida clamar por jovens na equipe. Muitos jogadores já estão no grupo principal. Uns com mais espaço que outros. Marcos Valadares, se efetivado, tem a vantagem de conhecer melhor a última geração formada em São Januário.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠