Sentença do TRT-RJ confirma rescisão de Escudero com o Vasco

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro condenou o Vasco a pagar verbas trabalhistas ao meia Escudero, que defendeu o clube entre 2017 e 2018. O valor ainda será calculado posteriormente, mas o TRT atribuiu R$ 2,2 milhões como base para o clube calcular o recurso. A informação foi publicada pela ESPN e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O Vasco foi condenado a pagar saldo de salários, férias acrescida de um terço e em dobro, 13º salário de 2017 e diferença de FGTS, além de valores constantes de duas cláusulas do contrato do jogador.

Caso o Vasco não recorra, a sentença será transitada em julgado. A partir daí, sim, se iniciará a apuração do valor a ser pago ao jogador. Escudero apresentará seus cálculos, o Vasco se manifestará, e o juiz homologará o valor devido.

A sentença também confirmou a rescisão do contrato de Escudero. Ela havia sido determinada no início de 2018, através de ação do jogador, por falta de pagamento.

Escudero está sem clube desde que deixou o Vasco através da rescisão. Recentemente, se acertou com o Vitória para fazer testes físicos.

Fonte: GloboEsporte.com

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!