Vasco joga invencibilidade na temporada contra reservas do Flamengo na Taça Rio


Rio – Vasco e Flamengo se enfrentam pela terceira rodada da Taça Rio neste sábado, às 19 horas, no Maracanã, com pensamentos bem diferentes. Enquanto o time cruzmaltino vai com força máxima tentando manter a invencibilidade na temporada, o rival tem a Copa Libertadores como prioridade e poupará quase todos os seus titulares, mesmo tratando-se de um clássico.

As diferenças entre Vasco e Flamengo, aliás, vem desde o início da temporada. O time cruzmaltino, enfrentando dificuldades financeiras, contratou poucos reforços de renome e tem apostado no forte sistema defensivo estabelecido pelo técnico Alberto Valentim.

Até o momento, tem dado certo. Afinal, nas 11 partidas disputadas na temporada, o Vasco somou nove vitórias e dois empates, tendo sofrido gols em apenas três destes jogos. Tal retrospecto deu ao time o título da Taça Guanabara e, consequentemente, a vaga na fase final do Campeonato Carioca.

“A explicação é o trabalho do Alberto. Ele tem trazido a mentalidade de defender todo mundo junto na hora que nosso time está sem a bola. É um modo italiano, que ele tem sangue. Todo mundo comprou a ideia por saber a importância de se cumprir bem as funções dentro de campo. A linha defensiva precisa ser sempre bem compacta. Temos conseguido fazer isso muito bem”, declarou o zagueiro Leandro Castán às vésperas do confronto.

Já o Flamengo vive realidade completamente diferente. Se já tinha um elenco estrelado em 2018, com nomes como os de Diego, Vitinho e Everton Ribeiro, foi ao mercado e desembolsou milhões de reais em contratações, principalmente nas de Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabriel.

Com este elenco disponível, o time tem justamente no setor ofensivo sua grande força na temporada, tendo marcado 21 gols nos nove jogos que disputou. Mas por causa do desgaste na vitória sobre o San José, terça-feira na altitude de Oruro, pela Libertadores, e visando o duelo de quarta contra a LDU, no Maracanã, pelo mesmo torneio, Abel Braga decidiu escalar um time reserva no clássico.

O único titular escalado é justamente aquele que mais precisa mostrar serviço. Arrascaeta terá finalmente a chance de atuar centralizado no meio de campo, como mais gosta, sem a concorrência de Diego. E mesmo jogando com os reservas, ninguém no time foge da responsabilidade da vitória.

“O Flamengo sempre tem responsabilidade de ganhar qualquer jogo. Não aumenta (a pressão) por ser clássico. Estamos vestindo a camisa do maior clube do Brasil, sempre vamos procurar a vitória Temos em mente sempre um bom resultado, pois a pressão sempre vai existir no Flamengo”, afirmou Cuéllar, um dos poupados.

No que diz respeito à competição, as duas equipes precisam da vitória para se aproximarem das semifinais da Taça Rio. O Vasco ocupa a terceira colocação do Grupo B, com os mesmos quatro pontos do segundo colocado, o Fluminense, e dois atrás do Volta Redonda. Já o Flamengo lidera a chave C, com seis pontos de Cabofriense e Bangu, que já atuou na rodada.

Fonte: O Dia

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠