Conheça os números de Vasco e Flamengo no Estadual 2019


Vasco e Flamengo se enfrentam hoje, às 19h, no Maracanã. Você sabe quem são os jogadores que precisam de menos tempo em campo para marcar? E quais são as parcerias mais eficientes dentro de campo? A do Flamengo está bem falada, mas e no Vasco? Você sabe como nascem os gols dos times? O Espião Estatístico juntou alguns números das duas equipes, que marcaram cada uma 20 gols nesta temporada, com dez jogadores diferentes cada uma. Abaixo, semelhanças e diferenças entre os times.

Artilheiros da Hora

Bruno Henrique é quem tem precisado de menos tempo em campo para participar diretamente de um gol. Foram três assistências e quatro gols, participando de sete gols em 414 minutos ou um gol a cada 59 minutos. Veja a lista.

Por questão de justiça, alguns rankings do Espião Estatístico consideram apenas jogadores que atuaram pelo menos 40% do tempo de quem mais atuou. Em uma comparação entre jogadores do Flamengo, entre quem participou de gol, foi Rodrigo Caio quem mais tempo atuou, com 760 minutos em campo. Assim, Berrío, Henrique Dourado (que já deixou o clube), Trauco e Uribe ficam de fora por terem jogado menos de 305 minutos.. Berrío jogou 31 minutos apenas e fez um gol. Ficaria difícil alguém superar esse desempenho.

No Vasco, quem atuou mais entre os que participaram de gol foi Raúl Cáceres, 952 minutos. Assim, fica de fora quem atuou menos de 381 minutos. Por isso, Rossi e Dudu não aparecem no ranking.

Duplas dinâmicas

Não é segredo para ninguém: no Flamengo, a Dupla Dinâmica é Bruno Henrique e Gabriel. Foram quatro gols com assistências de um deles para gol do outro. Também porque houve menos gols de assistência no Vasco, não houve nenhuma dupla que conseguiu mais de um gol com a bola indo de um para o outro finalizar e marcar. Veja a lista:

Como nascem os gols

Flamengo e Vasco marcaram exatamente 20 gols em jogos oficiais neste ano. Uma diferença é que o Flamengo disputou nove jogos (média 2,22), e o Vasco, 11 (média 1,81). Outra diferença é que construiram a artilharia de formas muito diferentes. No Flamengo, 17 gols foram marcados a partir de assistências, enquanto no Vasco foram apenas oito. O Flamengo está construindo suas jogadas de ataque, enquanto o Vasco tem aproveitado oportunidades: o Cruz-Maltino marcou seis vezes aproveitando rebatidas (contra duas do Rubro-Negro), três de pênalti (contra um), duas de faltas diretas e uma em rebatidas (enquanto o Flamengo não marcou de nenhuma dessas duas formas).

Das 17 assistências que viraram gols do Flamengo, dez foram em jogadas aéreas, sendo três delas de Éverton Ribeiro, o especialista. Curiosamente, foram cinco cruzamentos, e quatro da direita, e quatro em escanteios, sendo três da esquerda. Das oito assistências do Vasco, apenas três foram em jogadas aéreas, dois escanteios, da esquerda, e um cruzamento, da direita. Em relação aos lados das jogadas aéreas, Flamengo e Vasco estão bem parecidos, assim como o número de gols por mando: fizeram 13 gols quando mandantes.

Como em 20 gols do Vasco houve oito assistências e nos 20 do Flamengo houve 17, a chance de o Flamengo ter mais jogadores participando diretamente dos gols. E embora a diferença seja pequena, foi o que aconteceu: 15 jogadores diferentes participaram de gols e assistências no Flamengo, e 13 no Vasco. Nas duas equipes, dez jogadores marcaram gols.

Fonte: Sportv.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

  •  
  •  

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠