Vasco receberá cerca de R$ 1.9 milhões caso passe pelo Avaí na Copa do Brasil


Na manhã desta sexta-feira, foram sorteados os mandos de campos da terceira fase da Copa do Brasil, na sede da CBF, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro. As datas serão divulgadas posteriormente. Corinthians, Fluminense e Santos decidem seus duelos em casa, enquanto Vasco e Botafogo iniciarão na condição de anfitriões.

A terceira fase começa a ser disputada já no meio da semana que vem. As datas de 3 e 10 de abril são as outras duas reservadas para os confrontos desta fase da Copa do Brasil. A premiação para quem chegar à quarta fase é de R$ 1,9 milhão.

A terceira fase da Copa do Brasil tem o regulamento diferente das fases anteriores. Os duelos passam a ser disputados em jogos de ida e volta, e não mais em jogo único. É bom lembrar que a competição não utiliza mais o critério do gol qualificado. Por tanto, em caso de empate no placar agregado, a vaga na fase seguinte é decidida nos pênaltis.

Confira os mandos e os confrontos:

Botafogo x Juventude (decide vaga em Caxias do Sul)

Vasco x Avaí (decide vaga em Florianópolis)

Luverdense x Fluminense (decide vaga no Rio)

Ceará x Corinthians (decide vaga em São Paulo)

Atlético-GO x Santos (decide vaga em Santos)

Vila Nova x Vencedor Grupo 43 (segundo jogo na casa do vencedor do Grupo 43)

CRB x Bahia (decide vaga em Salvador)

Chapecoense x Criciuma (decide vaga em Criciúma)

ABC x Santa Cruz (decide vaga no Recife)

Botafogo-PB x Londrina-PR (decide vaga no Paraná

O caso Aparecidense x Ponte Preta

O cruzamento que tem o Bragantino-PA (segunda fase) e também o Vila Nova (terceira fase) está congelado devido ao imbróglio entre Aparecidense e Ponte Preta, na primeira fase. Os times se enfrentaram em 12 de fevereiro, com vitória por 1 a 0 dos goianos e muita polêmica envolvendo um gol anulado da Ponte. A Ponte alegou interferência externa na decisão da arbitragem e entrou no STJD pedindo a anulação do jogo.

O Pleno acatou e impugnou a partida por entender que o delegado do jogo passou informação ao auxiliar que o atacante Hugo Cabral estava impedido. Diante da decisão, foi a vez da Aparecidense protocolar uma ação para cancelar o julgamento. O presidente do STJD já indeferiu a liminar, mas a situação ainda será analisada nos tribunais.

Fonte: globoesporte

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠