Adaptado, Leandro Castan projeta ‘vida longa’ em São Januário

Foto: Rafael Ribeiro

Rio – A braçadeira de capitão do Vasco caiu muito bem em Leandro Castan. Referência para a nova geração em São Januário, o zagueiro, 32 anos, já exercia até sobre os mais ‘cascudos’ sua natural liderança, mesmo antes de herdar o posto de Ramon, machucado. Adaptado na Colina, o zagueiro reforçou o desejo de seguir no clube por muito tempo.

Com contrato válido até o fim de dezembro, o xerife está na lista de prioridades da diretoria. Seu pai e empresário, Marcelo Castan, é aguardado no Rio para iniciar as tratativas pela renovação. A intenção do clube é garantir permanência de Castan e Maxi López antes do início do Campeonato Brasileiro. A partir de julho, a dupla já estaria livre para assinar pré-contrato com qualquer interessado.

“Não tenho nada para falar. Estou muito bem aqui. Tenho contrato até o fim do ano. Espero ficar muitos anos no Vasco. Sobre renovação quem conversa é o meu pai. Ele deve vir para cá no fim desta semana para conversar”, disse Castan.

O início da negociação pode encerrar as especulações sobre o futuro do camisa 5. Alvo do Corinthians ao fim do Brasileiro, o zagueiro, por intermédio de seu pai e empresário, tentou sem sucesso a liberação sem custos para o ex-clube. Irritado pelo assédio, o Vasco exigiu o valor da multa rescisória (R$ 20 milhões) para vendê-lo.

Fonte: O Dia

 

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

  •  
  •  

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠