João Pedro, Bruno Ritter, Moresche e Hugo Borges começaram a trabalhar em horário diferente do elenco nesta 2ª-feira


Com 48 jogadores no elenco profissional, o Vasco começou a tomar medidas para reduzir o número de atletas à disposição do técnico Alberto Valentim. Nesta segunda-feira, quatro jogadores provenientes da base treinaram em horário diferente do grupo principal: o goleiro João Pedro, o volante Bruno Ritter e os atacantes Moresche e Hugo Borges.

De acordo com a diretoria do Vasco, a decisão ocorreu porque o elenco está treinando em São Januário e não há espaço para todos os jogadores.

Há a possibilidade de reintegrar todos os atletas – inclusive Rafael Galhardo, Luan e Bruno Henricky, que já vinham trabalhando separados – quando o segundo campo do CT do Almirante for inaugurado. A previsão é para o fim desta semana.

Não há trabalho ativo da diretoria para emprestar estes jogadores, embora o clube esteja aberto a sondagens. Do quarteto que ficou fora nesta segunda, apenas Bruno Ritter ainda tem idade para jogar nos juniores.

Conheça os nomes

João Pedro e Hugo Borges tiveram pouquíssimas chances no profissional desde que subiram. O goleiro não fez qualquer partida, enquanto o atacante disputou apenas um jogo, em 2018.

Os casos de Ritter e Moresche são diferentes. O volante foi titular em duas partidas do Campeonato Brasileiro de 2018, quando Valentim ficou sem opções, e chegou a ser elogiado. Mas não recebeu novas oportunidades.

Moresche, por sua vez, foi titular contra a Portuguesa-RJ, ainda na Taça Guanabara. Ele também entrou nos jogos diante de Madureira e Americano.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠