Valentim começa a promover mudanças; Rossi precisa de tempo para estrear, Guilherme Costa e Alan Cardoso podem ser negociados


Chegou a hora de fazer o elenco rodar. Alberto Valentim vai promover mudanças na equipe titular que venceu as duas primeiras partidas do Campeonato Estadual. Neste domingo, às 19h30, em São Januário, o Vasco enfrentará o Americano com o desafio de manter o nível dos resultados das rodadas anteriores.

Dentro da programação da comissão técnica, a espécie de rodízio possui dois objetivos: o primeiro, evitar maiores desgastes físicos nos jogadores neste começo de temporada, que já começou com dois jogos por semana. O segundo, observar melhor todas as peças do elenco, dar ao técnico a chance de escolher melhor seus titulares.

O lateral-direito Cláudio Winck, o meia Thiago Galhardo, o volante Andrey e o ponta-direita Yago Pikachu devem ser as novidades. Cáceres, Dudu e Yan Sasse deverão começar a partida no banco de reservas. Se o Vasco emplacar a terceira vitória seguida, dependendo dos outros resultados da rodada, garantirá vaga na semifinal da Taça Guanabara com duas rodadas de antecedência.

Outro atrativo para a partida é a possibilidade de Bruno César ficar no banco de reservas. O meia foi a principal contratação do Vasco para a temporada e passou período maior cuidando da parte física. Ele e Maxi López ainda não estrearam pelo time da Colina. O argentino ainda deve ser melhor condicionado por mais tempo.

Caso atue, Thiago Galhardo terá motivação especial. O meia é intimamente ligado ao Goytacaz, arquirrival do Americano em Campos. Seu representante é gestor do clube e seu irmão caçula, Gabriel, atua pelo Alvianil. Mês passado, o jogador do Vasco esteve na cidade do Norte Fluminense assistindo ao clássico de Campos.

Rossi ainda precisa de tempo

A tendência é que o técnico Alberto Valentim siga com o rodízio de jogadores no time titular até o clássico contra o Fluminense, dia 2, no Mané Garrincha. Na partida, válida pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, o treinador deve escalar o Vasco com força máxima.

Quanto ao atacante Rossi, último contratado, o Vasco ainda precisa regularizar sua inscrição junto à Federação de Futebol do Rio, além de prepará-lo fisicamente para jogar. Rossi não fez pré-temporada enquanto resolvia o futuro com o Shenzhen, da China, clube que o emprestou ao Cruz-Maltino.

Caso prossiga com a ideia de integrar garotos da Copinha ao elenco profissional, o técnico Alberto Valentim terá de liberar alguns jogadores do elenco. Atletas como Guilherme Costa e Alan Cardoso, por exemplo, voltaram de empréstimos e podem ser novamente negociados.

Com os garotos da Copinha, a ideia em São Januário é voltar a contratar somente depois do Estadual, caso surja boas oportunidades de mercado. A vinda de um goleiro está descartada em um primeiro momento.

Fonte: Extra

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠