Vasco segue aguardando liberação de clube chinês para anunciar a contratação do atacante Rossi

Peça considerava chave na maneira que Alberto Valentim deseja montar sua equipe, o atacante Rossi tem chances de vestir a camisa do Vasco em 2019. A principal questão no momento é aguardar a definição do clube do jogador, o Shenzhen (CHI), sobre a cota de estrangeiros no elenco. O limite é de cinco e os chineses deverão liberá-lo para o Cruzmaltino caso contratem outro “gringo” para a equipe.

Rossi já havia sido emprestado em 2018, quando defendeu o Internacional. Num primeiro momento, o Shenzhen não via com bons olhos um novo empréstimo, algo que mudou de figura recentemente, já que o clube subiu para a Primeira Divisão local e aumentará seu poder de investimento.

A ideia do Vasco é tê-lo por empréstimo até o fim do ano com os chineses pagando parte de seu salário, assim como já havia feito com os gaúchos.

Rossi possui características que o técnico Alberto Valentim busca para a equipe: um atacante veloz que atue pelos lados do campo.

Diretor-executivo de futebol do Vasco, Alexandre Faria manteve a cautela ao falar sobre o assunto:

“É um jogador que interessa. Conversamos com ele. Está na cidade dele, com a família, avaliando a situação. Ainda não uma temos definição”.

Até o momento o Vasco contratou sete jogadores e é o clube do Rio de Janeiro que mais se reforçou. São eles: os meias Bruno César e Yan Sasse, o atacante Ribamar, os laterais direitos Cláudio Winck e Raúl Cáceres, o lateral esquerdo Danilo Barcelos e o volante Fellipe Bastos.

Fonte: UOL

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!