Alex Santana: ‘Recebi sondagens de fora, do Vasco, do Botafogo, mas até agora nada concreto’

O Paraná se despediu da Série A do Brasileirão na lanterna, com apenas 23 pontos somados e um total de 20% de aproveitamento. Mesmo com o rebaixamento decretado com seis rodadas de antecedência, Alex Santana conseguiu sobressair com um pouco de brilho na competição. Prova disso é que o meia recebe sondagens e espera definir seu futuro em breve para 2019.

Até o momento, há apenas uma definição: o atleta não voltará ao Inter na próxima temporada, ao término de seu empréstimo ao Paraná. O jogador tem contrato com o clube gaúcho até 31 de dezembro de 2019.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, Alex revelou ter sido procurado por Vasco e Botafogo. O Bahia é outro clube interessado em seu futebol, assim como uma equipe do Japão. Não há, porém, qualquer proposta formalizada.

– Eu desempenhei um bom papel na reta final do Brasileirão. Para mim, acredito que tenha sido um bom campeonato, mas eu queria que o Paraná não caísse. Infelizmente, não conseguimos realizar essa campanha que a gente queria – diz o atleta antes de projetar o futuro – Recebi sondagens de fora, do Vasco, do Botafogo, mas até agora nada concreto. Meu futuro deixo nas mãos dos meus empresários. Já passei o que pretendo para 2019 e vamos esperar.

Gratidão ao Inter e “página virada”

Lapidado nas categorias de base do Inter, Alex não esconde o carinho e a gratidão ao clube gaúcho, mesmo após um retorno conturbado em 2017, para a disputa da Série B. À época emprestado ao Paraná e em alta, o meia foi chamado de volta pela diretoria para compor o elenco. Mas não ganhou chances. A escassez de oportunidades o levou a faltar a um treinamento, com um ato de disciplina que já é “página virada”.

– Na minha volta no ano passado, estava muito imaturo. Aconteceram alguns fatores que é melhor não falar. É aprendizado. Faltou paciência para mim. Estava vivendo um momento muito bom no Paraná. Voltei, criei expectativa, pelo momento que o Inter estava vivendo. Eu estava pronto para ajudar. Acabei me frustrando e aconteceu tudo aquilo que aconteceu. Página virada, tenho carinho muito grande pelo clube – ressalta.

rova de sua gratidão é que o meia não esconde o desejo de voltar ao Colorado, mesmo com o sonho de atuar na Europa. O retorno, porém, não está nos planos da diretoria colorada para a montagem do elenco de Odair Hellmann em 2019.

– Estou desde 2012, acho que (o episódio) não impede nada. Por tudo o que fez por mim, acredito que devo muito ao Inter. Prioridade sempre é o Inter. Eu tenho um carinho muito grande. Para fora é uma coisa boa. É meu sonho jogar na Europa – diz.

Fonte: GloboEsporte.com

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!