Vasco chega a acordo com Bruno César, e espera ‘ok’ do Sporting

Bruno César atua pelo Sporting desde 2015

Cruz-Maltino e meia acertaram termos do negócio. Agora, jogador negocia liberação dos portugueses, único ponto que falta para ser confirmado como reforço em São Januário

O otimismo do Vasco em acertar com Bruno César ainda esta semana, conforme o LANCE! antecipou nesta segunda feira, está próximo de se tornar realidade. O Cruz-Maltino, depois de pouco mais de uma semana de negociação, chegou nesta quarta-feira a um acordo com o meia, para que fique no Vasco, inicialmente, por meio de um empréstimo de uma temporada – com opção de compra após o período. Agora, Bruno César, que pertence ao Sporting, de Portugal, dialoga para conseguir a liberação junto à cúpula do Leão. Com este “ok” sendo dado pelos portugueses, ele será confirmado como o primeiro reforço em São Januário para 2019.

A negociação do Vasco com o Bruno César durou pouco mais de uma semana, com o início das conversas na última quarta-feira. O meia, de 30 anos, é considerado peça importante para a futura criação do Vasco – ocupando, desta forma, uma lacuna que existiu ao longo deste 2018 (nomes como Giovanni Augusto, por exemplo, não vingaram) no planejamento montado pelo presidente Alexandre Campello e demais integrantes da cúpula do futebol cruz-maltino de olho no setor. O contrato de Bruno César com o Sporting é válido até 30 de junho de 2020, e deve ser renovado pelo mesmo período do empréstimo para que o “ok” ocorra. O desejo do atleta de retornar para o Brasil pesou na decisão pela transferência.

Bruno César despertou o interesse de outras clubes no Brasil – não apenas o do Vasco -, mas optou por avançar nas conversas com o Cruz-Maltino pelo projeto oferecido, e principalmente o fato de uma chegada ao clube ser com o status de titular. O Vasco, de olho no êxito nas conversas, vem adotando o silêncio em relação ao meia justamente para evitar uma maior concorrência para a sua contratação, o que vem dando certo de certa forma. As conversas entre as partes foram realizadas diariamente, dando cuidado especial na negociação. O Vasco, nos moldes acordados, arcará somente com os salários – inclusive, para este desfecho, o jogador reduziu a pedida para cerca de R$ 380 mil mensais.

O Sporting via com melhores olhos a saída em definitivo de Bruno César, mas depois das conversas dos últimos dias, não deve criar obstáculos para este empréstimo, que deve ser confirmado até o fim da semana. Para avançar nas conversas, Bruno César abriu mão de alguns direitos junto ao Sporting para melhorar as condições de transferência. Nesta temporada europeia, ele entrou em campo apenas quatro vezes de um total de 21 partidas disputadas pelo Sporting até o momento, nenhuma como titular. Ao todo, acumula 35 minutos em campo e nenhum gol. Bruno César não inicia uma partida como titular desde março, quando sofreu uma torção no joelho direito.

No período que esteve no Brasil, vale lembrar, Bruno César ganhou destaque com a camisa do Corinthians. Ao longo da carreira, o meia já defendeu outras equipes como o Benfica, Palmeiras, Al-Ahli, da Arábia Saudita, e Estoril. Quando foi contratado pelo Sporting, a multa rescisória do jogador era de € 60 milhões (R$ 261,9 milhões, na cotação atual), mas os portugueses já admitem a saída definitiva do atleta por valor na casa dos € 4 milhões (R$ 17,4 milhões), valor que o Vasco precisará desembolsar para exercer a opção de compra caso o empréstimo seja confirmado, ocorrendo a liberação portuguesa.

Fonte: Lance

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!