Conheça Gino Peruzzi, novo argentino na mira do Vasco

O torcedor do Vasco que assistir à partida entre Boca Juniors e River Plate, neste domingo, pela final da Libertadores, pode esquecer: não verá Gino Peruzzi em campo. O lateral-direito do Boca, com apenas três jogos no período pós-Copa, está tão em baixa no time argentino que sequer foi relacionado para a decisão. O que é um dos facilitadores de sua transferência para São Januário.

Outro é o fato de que seu contrato com o clube argentino vai somente até o fim do mês. Caso venha, será sem custos para o Cruz-maltino. Ótimo para quem reserva apenas R$ 4 milhões para a contratação de reforços em 2019.

O terceiro ponto que o aproxima de São Januário é Maxi López. Os dois jogaram juntos no Catania, da Itália, e o atacante do Vasco já entrou em contato com o compatriota, fazendo lobby a favor da transferência. Além dele, Desábato tabelou com Peruzzi no Veléz Sarsfield e também na seleção argentina.

A passagem do lateral pela Albiceleste e pelo clube argentino revela uma característica do seu jogo: a marcação. Ele teve trabalho de sobra e não foi mal nas vezes em que duelou diretamente com ninguém menos que Neymar. Foram quatro partidas contra o craque brasileiro, na época ainda pelo Santos, todas em 2012. Foram duas vitórias para cada lado. Neymar marcou apenas um gol, ainda assim, de pênalti.

Depois de jogar pela seleção, Peruzzi foi negociado para o Catania, ficou apenas uma temporada e meia e voltou para a Argentina, para jogar no Boca Juniors. Na Bombonera, começou bem e viveu o auge da carreira – seu valor de mercado bateu os R$ 26 milhões em 2016. Muito por causa de uma maior presença ofensiva – foram três gols e três assistências na temporada.

Fonte: O Globo

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!