Vasco espera arrecadar 40 milhões com a venda de atletas


O Vasco da Gama não vive um grande momento fora das quatro linhas. Com problemas políticos e financeiros, o clube frequentemente é assunto por motivos que vão além do futebol. Cientes disso, os responsáveis por gerenciar a instituição trabalham para que dias melhores cheguem cada vez mais rápidos.

Um ponto essencial para isso é manter as contas em dia. Com dificuldades para captar receitas de patrocinadores e podendo auferir menos renda por parte da negociação de seus direitos de transmissão, o Gigante da Colina precisa negociar atletas. Foi assim no início de 2018, por exemplo, com a saída de Matheus Vital e, posteriormente, de Paulinho.

No planejamento para 2019, por exemplo, há a expectativa de obter pelo menos R$ 40 milhões com a venda de jogadores (direitos federativos), como explicado pelo clube: “Estimamos R$ 40 milhões com direitos federativos, valor muito menor do que o obtido em 2016 e 2017 e também substancialmente inferior ao arrecadado pelos outros grandes clubes brasileiros nos últimos três anos”.

Alguns nomes podem ajudar a alcançar este objetivo: os meias Andrey e Yago Pikachu despertam a atenção de clubes estrangeiros. Se o primeiro ainda só recebeu sondagens, o segundo tem negociações mais avançadas com o Orlando City, dos Estados Unidos.

Fonte: Torcedores.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠