Segundona? Vasco esbanja confiança e abre mão da calculadora

Rio – A calculadora não foi um item que Werley levou na bagagem para Fortaleza. O risco de 17% de rebaixamento para a Segunda Divisão do Brasileiro aumenta a pressão para o confronto com o Ceará, domingo, no Castelão, mas não diminui a confiança dos jogadores do Vasco para a decisão. O empate é suficiente para evitar a quarta queda do clube.

“O Vasco não vai cair, tenho certeza. Pelo trabalho que vem sendo feito, pelo esforço do professor Alberto (Valentim) e da diretoria. Tenho certeza de que vai dar tudo certo. O Vasco não precisa fazer conta porque depende de si. Temos que fazer o nosso bem feito para sairmos de cabeça erguida e recomeçarmos no próximo ano”, disse.

O pagamento do salário referente a outubro foi um incentivo a mais para a decisão. O atraso de oito dias era uma preocupação da diretoria, que trabalhou nos bastidores para quitar a dívida antes do jogo mais importante do ano. O episódio gerou mal-estar no clube, pois os demais funcionários, com vencimentos bem mais mais modestos, ainda aguardam a regularização, o que deve acontecer a qualquer momento.

“É uma situação que, desde o começo do ano, não tivemos atraso. No máximo dez dias, mas foi tudo conversado. Foi um ano tranquilo, não tive problemas. Os salários fazem diferença, todo mundo quer receber, mas o mais importante é o jogo de domingo”, afirmou Werley.

Com contrato válido até o fim de 2019, o zagueiro superou uma série de lesões e recuperou a posição de titular no momento de definição do Brasileiro. “Mais uma oportunidade contra um grande adversário, que tem jogado bem. Todo o time feito bons jogos, principalmente fora de casa. A vitória já poderia ter vindo”, avaliou Werley.

Time antecipa ida à capital cearense

Em clima de decisão, o Vasco alterou a programação e antecipou para ontem a viagem a Fortaleza. Os três treinos na capital cearense serão fechados para a imprensa e torcedores.

Com o desfalque de Martín Silva, com dores no joelho direito, e Yago Pikachu, suspenso, Alberto Valentim manterá o mistério até o domingo.

Recuperado de dores musculares, Desábato voltou a treinar com o grupo e não deve ser problema. Marrony e Andrés Ríos são os mais cotados para a vaga de Pikachu.

Fonte: O Dia

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!