‘Sempre Vasco’, em nota, ataca duramente Alexandre Campello

Alexandre Campello, que ocupa a presidência sem nunca ter sido presidente, mais uma vez, engana os vascaínos. Contudo, desta vez, foi desmascarado na reunião do Conselho Deliberativo, que aconteceu no dia 08 de Novembro, cujo o pano de fundo foi a esdrúxula discussão sobre o balanço do Vasco.

Vamos aos fatos e a artimanha do negligente e omisso presidente Campello.

ATO I – Falta-lhe moral
Publicado em Abril deste ano, o balanço do Vasco colocou sob suspeita a administração de Eurico Miranda. Pontos obscuros foram apresentados. Alexandre Campello rompe com seu grupo de apoio e atira para todos os lados em um súbito rompante de moralidade, coisa que sempre lhe faltou.

Quando a poeira deste banzé se assenta, Campello se vê isolado. Esfomeado por poder, procura na figura de Eurico Miranda o apoio que precisa para se manter na cadeira da presidência.

ATO II – A troca
A equação é simples: Eurico Miranda precisa ter suas contas aprovadas e em troca de seu apoio Campello precisa consertar o seu balanço. A missão de Campello é fazer isso sem chamuscar seu rabo de palha, já queimado pela sua incompetência.

ATO III – Começa o teatro do sonso
Campello se omite. Fala em atualizações do balanço, mas não atualiza. Diz que contratou auditorias que afirmam que não podem concluir absolutamente nada por falta de evidências, porém Campello não se esforça para encontrá-las.

Convenientemente, deixa ser atropelado por Eurico Miranda e empurra o problema para frente. Precisa encontrar álibis para mais um golpe. Aposta que os encontra na rejeição dos vascaínos pelos presidentes do Conselho Fiscal, Deliberativo e Benemérito, os culpados perfeitos. Ainda torce para respingar na Oposição a desculpa esfarrapada de “ambiente tumultuado pela política que afeta os resultados do time”.

ATO IV – Aposta que tudo na vida morre.
Na reunião do Conselho Deliberativo, Campello se abstém de votar a favor do “seu” balanço. Não se move e deixa sua base política morrer na praia.

No final, cinicamente, fica “triste” e puxa o Casaca, após ver que o Conselho Deliberativo entendeu que o balanço deve ser substituído seguindo as recomendações do Conselho Fiscal. Assim, consegue criar uma desculpa para manter sua frágil base política.

Não se esforça. Seu empenho é apenas no judiciário para promover suas peregrinações e visitas nos tribunais para não existir a investigação do HD e para barrar as novas eleições.

ATO V – FINAL – Uma vez lambão, sempre encardido
O presidente Alexandre Campello brinca, de maneira negligente, com o Vasco. Neste circo, confia que vai fazer os vascaínos de palhaços, mas esquece que a Oposição defende o clube, seus sócios e torcedores.

Iremos lutar até o fim para impedir que esse teatro não termine de vez com a história do Vasco.

#SempreAoLadoDoVasco

Fonte: Facebook Sempre Vasco

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!