Com 2 votos a favor e 1 contra, Conselho Fiscal recomenda aprovação das contas da gestão Eurico de 2017

Como esperado, o Conselho Fiscal do Vasco recomendou a aprovação das contas da gestão Eurico Miranda de 2017 sem unanimidade. O placar foi de 2 a 1, com o presidente do poder, Edmilson Valentim, e o conselheiro Rafael Landa, sendo favoráveis. Já o conselheiro Otto Carvalho foi contra.

Pelo estatuto do clube, o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, precisa agora convocou uma reunião de seu órgão para que o documento seja colocado em votação entre os conselheiros.

As contas apresentadas por Eurico são paralelas às entregues em abril pelo presidente vascaíno Alexandre Campello, que havia contratado uma auditoria externa para elaborá-lo. Os números comparados um ao outro são conflitantes.

No entender de Campello, o que foi feito por ele é o válido. Já a maioria do Conselho Fiscal entendeu que não como considerá-lo verídico sem a assinatura e o consentimento de Miranda, que era o presidente em exercício na época.

Em nota oficial divulgada na última segunda-feira, Edmilson Valentim chegou a classificar o ato de Campello como “falsidade ideológica e descumprimento do estatuto do clube”.

Fonte: UOL

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!