Alberto Valentim tem mais dias de treino, mas aproveitamento pior que últimos técnicos do Vasco

Não dá para reclamar de falta de tempo para trabalhar. Alberto Valentim já é o treinador que teve mais dias livres à frente do Vasco neste Campeonato Brasileiro. Na expectativa de uma guinada nos resultados que ainda não veio, o time cruz-maltino patina à beira da zona de rebaixamento.

Até o jogo contra o Internacional, foram 47 dias que a comissão técnica teve à disposição para descansar os jogadores, aprimorar a parte técnica e dar um padrão de jogo à equipe. Jorginho, seu antecessor, teve 46, descartando o recesso da Copa. Zé Ricardo, primeiro técnico do Vasco no Brasileirão, 37 dias.

Ainda assim, os problemas com lesão se repetem e as mudanças na escalação, também. Valentim ainda não repetiu formação desde que assumiu o Vasco. O aproveitamento de pontos, mesmo com o tempo hábil para trabalhar, não empolga: 30,5%. Com Jorginho, foram 43,3%. Com Zé Ricardo, do início da Série A até a queda, 38,6%.

Depois do empate com o Internacional, ele afirmou que, apesar dos resultados, a equipe do Vasco tem mostrado evolução em campo:

— Foi a melhor atuação do Vasco comigo, junto com os jogos contra Flamengo e Santos. Eu tenho elogiado tanto os jogadores nos treinos. Seria um pecado se não tivéssemos empatado a partida contra o Internacional.

Depois do jogo, o elenco teve dois dias de folga e retornará aos treinos amanhã. O próximo compromisso será contra o Fluminense, sábado, no Maracanã.

Fonte: O Globo Online

 

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!