Basquete: Alberto Bial lamenta derrota para o Franca, mas exalta garra do elenco vascaíno

Bial orienta os jogadores em treino do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Não era o resultado que o técnico Alberto Bial e a equipe de basquete do Vasco queriam. Mas o grupo foi derrotado pelo Sesi Franca por 101 a 75, no Ginásio Pedrocão, em Franca, na noite de quinta-feira, pelo Novo Basquete Brasil (NBB). Para o treinador, sua equipe teve o mérito de não ter fugido à luta. Mas acabou superada não apenas pelo excelente desempenho do adversário, como pelo próprio cansaço.

“Foi uma noite totalmente atípica. O time já estava muito no limite (do esforço físico). Depois do jogo em Bauru (terça-feira, vitória sobre o Sendi/Bauru por 80 a 76), o Pillar se machucou, e ele é importante no momento da rotação (série de substituições). Além disso, nossos jogadores de maior qualidade estavam extenuados pelas longas viagens (do Rio para Bauru, e de Bauru a Franca)”, analisou. “É uma noite que machuca, mas não podemos nos abalar. Não é nada que abale um time que vem superando situações difíceis (dias antes da estreia, ainda havia dúvidas quanto à participação do clube no NBB). Estamos com 50% de aproveitamento (2 vitórias em 4 partidas), algo positivo para um time que vem enfrentando abalos sísmicos.”

Bial fez questão de elogiar o trabalho da equipe da casa. “Pegamos um adversário com um jogo muito intenso. Ainda fizemos um primeiro quarto muito bom, mas do segundo em diante, eles dominaram totalmente.”

Depois da importante vitória sobre o Bauru, o técnico vascaíno esperava uma segunda vitória no interior paulista, chegando a comparar o triunfo sobre o Bauru a uma pepita de ouro. Embora o resultado em Franca não tenha sido favorável, o grupo retorna ao Rio de cabeça erguida.

“O balanço da viagem não é ruim. Não se pode fazer uma avaliação muito negativa de nós mesmos. Hoje (quinta-feira) nós marcamos mal. Nossa marcação por zona não funcionou, e o time não teve pernas…O David Jackson (americano de Franca, ex-jogador do Vasco) era o jogador a ser marcado. Mas ocorreu o que queríamos evitar (Jackson assinalou 28 pontos, incluindo 9 bolas de 3 pontos em 11 tentativas)”, lamentou Bial.

Fonte: Divulgação

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!