Apesar de ter saído do Z4, Vasco volta a conviver com protestos da torcida

A saída da zona de rebaixamento, em que o Vasco está um ponto acima, não foi suficiente para acalmar sua torcida. Em uma fase ruim dentro e fora de campo, o clube vive momentos de incerteza. Ontem, na chegada do time no Aeroporto Internacional do Rio após o empate com o lanterna Paraná, os jogadores e o presidente Alexandre Campello voltaram a sofrer com protestos, dessa vez de cinco torcedores. Não aconteceu contato físico com os atletas, mas houve intimidação, como já havia acontecido com Luiz Gustavo há três semanas. De acordo com o departamento de matemática da UFMG, o clube tem 31,5% de risco de queda.

Institucionalmente o clube também sangra com o questionamento das eleições realizadas em novembro passado. Na sexta-feira, a Justiça anulou o último pleito e marcou a data para uma nova eleição para sócios escolherem o conselho e, posteriormente, para conselheiros escolherem o presidente. Até lá, Campello seguirá no cargo. O mandatário afirmou que a situação dificulta a obtenção de empréstimos para arcar com compromissos até o fim da temporada, e inclusive colocou em xeque o futuro do time de basquete, prestes a estrear no NBB, o campeonato nacional da modalidade.

Ontem, o clube entrou com um recurso contra a decisão. No mesmo dia, a oposição vascaína — responsável pela ação que resultou na anulação — questionou a Justiça para esclarecer como será realizado o processo eleitoral. Há também dúvidas sobre um detalhe da decisão judicial, que torna inapto a votar e ser votado membro da Chapa Azul, do grupo político do ex-presidente Eurico Miranda.

Breno tem chances de voltar à defesa

Um desfalque vascaíno é certo contra o Botafogo, na próxima terça-feira: o zagueiro Leandro Castán, expulso no empate com o Paraná na última segunda-feira. Em compensação, Alberto Valentim pode ganhar um reforço na defesa. Recuperando-se de um lesão no joelho esquerdo, Breno já está próximo do retorno. Ainda que pequenas, ele tem chances de estar disponíveis no Nilton Santos.

Breno não entra em campo desde 9 de agosto. Além dele, outro zagueiro próximo de retorno é Werley, que se recupera de uma fratura no pé direito. Ele não entra em campo desde 9 de setembro. Se eles não se recuperarem, o colombiano Oswaldo Henriquez deve fazer dupla com Luiz Gustavo no clássico.

Para a partida, Valentim terá a volta de dois jogadores que atuam no meio-campo: Andrey e Fabrício.

O clássico de terça-feira é contra um adversário direto na briga contra o rebaixamento. O Vasco tem 30 pontos na Série A, três a menos do que o Botafogo.

Fonte: Extra Online

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!