Vasco empata com o lanterna Paraná, sai da zona da degola, mas não esconde frustração

Maxi López foi o melhor jogador do Vasco Foto: Carlos Gregório Jr. / Vasco / Divulgação

O Vasco segue em situação delicada no Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, teve uma ótima chance para sair e se afastar da zona de rebaixamento, mas não aproveitou como deveria. Diante do lanterna Paraná, que não vencia há 11 jogos, apenas empatou em 1 a 1. Alex Santana abriu o placar para os donos da casa. Maxi López, de pênalti, empatou. Com o resultado, o Cruz-Maltino chegou a 30 pontos e a quatro jogos de invencibilidade (é o 16º), mas… ficou um gostinho amargo. Ainda mais pelas chances de gol que a equipe desperdiçou nos últimos minutos. O Vasco saiu da zona, mas não se afastou. Ao que parece, a briga para escapar do quarto rebaixamento vai ser dura até o fim da competição.

— Nosso sentimento é de frustração pelo jogo que a gente fez. Quem viu o jogo por inteiro, viu que no mínimo a gente tinha que ter vencido por três ou quatro gols. Foi um dos nossos melhores jogos — lamentou o meia Yago Pikachu.

O jogo foi franco nas duas etapas. As duas equipes tiveram ótimas chances de marcar, mas aproveitaram pouco. O Paraná somente com Alex Santana, aos 8 minutos do primeiro tempo, após a bola desviar em Castán e enganar Martín Silva. E o Vasco com Maxi López, de pênalti, aos 49 minutos.

No segundo tempo, o Vasco precisou correr mais, já que perdeu Leandro Castán, expulso por falta em Ortigoza, logo aos 13 minutos. O Cruz-Maltino conseguiu se segurar e foi bem nos contra-ataques. Por muito pouco não virou o jogo.

Maxi López, mais uma vez, foi o grande nome do time, que volta a campo na terça-feira, dia 9 de outubro, no Engenhão, para enfrentar o Botafogo, que ainda não escapou totalmente do perigo de rebaixamento.

Fonte: Extra

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!