VASCO EMPATA COM O SANTOS EM SÃO PAULO: 1 A 1

O Santos só empatou em 1 a 1 com o Vasco na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, em jogo atrasado da terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O Peixe fez um bom primeiro tempo e foi para o intervalo com vantagem após o gol de Diego Pituca, mas recuou muito no segundo tempo, deu campo para o Vasco, desperdiçou algumas chances e perdeu dois pontos ao ver Andrés Rios balançar as redes na parte final partida.

Com o empate, o Santos continuou na 11ª colocação, com 33 pontos, enquanto o Vasco estacionou na 16ª posição, com 29. O Peixe perdeu a chance de encostar na zona de classificação para a Libertadores em 2019 e os cariocas seguem perto da zona do rebaixamento.

Na próxima rodada, a 27ª, o Santos enfrentará o Atlético-PR, domingo, na Vila Belmiro, enquanto o Vasco visitará o Paraná, segunda-feira, no Durival de Britto.

O JOGO

Aos 20 segundos, a partida já teve fortes emoções. Gabigol se desentendeu com Leandro Castán numa disputa pela lateral. E antes do placar apontar um minuto, o camisa 10 fez uma falta em Bruno Cosendey, recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalcará o Santos contra o Atlético-PR, no domingo, na Vila Belmiro.

O calor das primeiras ações, porém, não continuaram. Enquanto o Peixe buscava propor o jogo a todo tempo, o Vasco se resguardava na defesa à procura dos contra-ataques. Só aos 10 minutos veio a primeira chance, quando Dodô cobrou bem o escanteio e Gustavo Henrique acertou a trave.

Três minutos depois, Alison fez falta boba em Yago Pikachu. Rafael Galhardo cobrou bem e Vanderlei espalmou para escanteio. Aos 20, Willian Maranhão recuou na fogueira, o goleiro Martín Silva dividiu com Gabigol em um carrinho e ninguém do Santos aproveitou o rebote.

Aos 22 minutos, foi Carlos Sánchez quem assustou em cobrança de falta que raspou o travessão. E a emoção só voltou ao Pacaembu nos minutos finais, depois do alvinegro retomar as rédeas do jogo e reencontrar os espaços no gramado.

No minuto 41, Sánchez cruzou e Bruno Henrique cabeceou muito perto da trave. E dois minutos depois, o gol saiu. E numa jogada de manual do time dirigido por Cuca: Gabigol saiu da área para abrir espaço, tocou para Rodrygo, Victor Ferraz puxou, mas o atacante cruzou no segundo pau. Carlos Sánchez, sem ângulo, foi cirúrgico ao ajeitar para Diego Pituca, na pequena área, empurrar para o fundo das redes e marcar seu primeiro gol pelo Peixe.

No primeiro minuto do segundo tempo, o Santos esteve perto de ampliar. Bruno Henrique avançou pelo meio, cortou para a ponta esquerda e chutou cruzado, perto da trave de Martin. Depois disso, foi o Vasco quem assustou.

Mais corajoso, o time carioca foi para cima e viu um Peixe estruturado à procura dos espaços para contra-atacar. Aos 12 minutos, Henrique avançou bem e cruzou para Rios. O atacante, na pequena área, chutou em cima da defesa.

No minuto 18, o Santos voltou a ficar perto do gol. Em linda arrancada, Gabigol conduziu a bola desde a defesa, parou, driblou e chutou colocado de fora da área para boa defesa do goleiro vascaíno. Aos 21, Bruno Henrique tabelou com Gabriel e chutou mais uma vez perto da trave.

Dois minutos depois, veio a resposta do Vasco. Giovanni Augusto encontrou Pikachu livre na área. O meia encobriu o Vanderlei e viu Robson Bambu salvar antes da bola ultrapassar a linha. E entre os 30 e 31′, o empate ficou perto novamente.

Henrique cruzou e Giovanni Augusto, sozinho, se desprendeu de Dodô e cabeceou torto. Na sequência, Andrey chutou com perigo por cima do travessão. E aos 33, a pressão dos visitantes surtiu efeito. Pikachu cruzou da direita para Rios, sozinho, cabecear e ver Vanderlei estático. Robson Bambu errou na marcação do argentino.

Nos minutos finais, mesmo com a expulsão de Andrey aos 43, o Santos não teve força para desempatar. O Vasco, valente, volta para o Rio de Janeiro com um ponto na bagagem a ser comemorado.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1 X 1 VASCO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de setembro de 2018, quinta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
Público e renda: 12.985/R$ 318.336,50
Cartões amarelos: SANTOS: Gabigol. VASCO: Bruno Cosendey, Fabrício e Andrey.
Cartão vermelho: Andrey

GOLS:
Santos: Diego Pituca, aos 43 do 1T;
Vasco: Andres Rios, aos 34 do 2T.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Daniel Guedes), Diego Pituca e Carlos Sánchez (Bryan Ruiz); Rodrygo, Bruno Henrique (Derlis González) e Gabigol.
Técnico: Cuca

VASCO: Martín Silva, Rafael Galhardo (Marrony), Luiz Gustavo, Leandro Castán e Henrique; Willian Maranhão, Andrey e Bruno Cosendey (Giovanni Augusto); Yago Pikachu (Oswaldo Henríquez), Fabrício e Andrés Rios.
Técnico: Alberto Valentim

Fonte: Gazeta Esportiva (texto, ficha), Youtube (vídeos)

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!