Castan elogia Santos, mas garante busca por triunfo no Pacaembu

Leandro Castan suando a camisa no CT do Almirante- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

O último asterisco do Campeonato Brasileiro será retirado na noite desta quinta-feira (27/09). Em jogo atrasado da terceira rodada, Vasco da Gama e Santos duelam em São Paulo, às 20 horas, no Estádio Pacaembu. A partida é vista como fundamental para dentro de São Januário, pois um resultado positivo fará o Almirante abrir uma diferença de três pontos para a indesejável zona de rebaixamento.

Para atingir esse objetivo e sair de campo com os três pontos, o Gigante da Colina precisará dar fim a uma incômoda marca dentro da principal competição nacional. O Cruzmaltino é uma das equipes que ainda não triunfou jogando fora de casa. Foram quatro empates e sete derrotas em 11 jogos disputados. Se engana quem pensa, porém, que o retrospecto diminui a confiança vascaína na conquista do resultado positivo.
– Só tive a oportunidade de disputar um jogo fora de casa com a camisa do Vasco. Foi contra o Palmeiras e a partida foi bem disputada. Acabamos perdendo em virtude de um gol bobo que tomamos no final. Temos que pensar no futuro e não olhar para trás. Quem veste a camisa de uma equipe dessa tradição precisa sempre entrar em campo com foco na vitória. Não será diferente nessa partida – afirmou Leandro Castan, acrescentando logo depois.

– Eu sei que vai ser um jogo difícil, até porque o Santos possui uma equipe jovem, rápida e de muita qualidade, mas temos potencial para fazer uma grande partida e trazer um resultado positivo para o Rio de Janeiro. Eu confio nos meus companheiros. Vamos chegar nessa partida fora da zona de rebaixamento e após uma vitória que tanto queríamos. Estamos viajando para lá confiantes – disse o experiente jogador.

Em relação ao time que duelou na última segunda-feira (24) com o Bahia, o treinador Alberto Valentim não poderá contar com duas peças: o atacante Maxi López, suspenso, e o lateral-direito Lenon, entregue ao departamento médico. Na derradeira atividade antes do embarque para São Paulo, o comandante fez alguns testes e orientou bastante o sistema defensivo. A escalação inicial, entretanto, não foi confirmada.

– O Alberto conversou comigo sobre o último jogo, algo mais direcionado ao posicionamento. Eu gosto muito dele por isso, por ser um cara que está ligado nos mínimos detalhes. Eu carrego essa característica comigo também. Futebol hoje em dia é decidido no detalhe e qualquer falta de atenção pode fazer a diferença – ressaltou o camisa 25, que terá a oportunidade voltar a jogar no Pacaembu, onde foi bastante feliz com a camisa do Corinthians.

– É um estádio que me traz boas recordações. Tive a oportunidade de conquistar um Campeonato Brasileiro jogando no Pacaembu, assim também como uma Taça Libertadores. Espero que meu reencontro com ele seja bastante feliz e que o estádio possa me trazer novas alegrias. Essa partida contra o Santos é muito importante, então nada melhor que fazer uma grande partida e conseguir uma vitória – concluiu o defensor vascaíno.

Fonte: Site Oficial do Vasco

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!