Cuca é absolvido pelo STJD e está liberado para comandar o Santos contra o Vasco

O técnico Cuca foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o STJD, nesta segunda-feira, e está liberado para comandar o Santos no duelo contra o Vasco, na quinta, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, em partida atrasada da 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Cuca poderia ter levado até nove jogos de gancho. O treinador foi julgado ter invadido o campo e reclamado acintosamente com a arbitragem no clássico contra o São Paulo, no fim de semana retrasado. Ele foi defendido nos tribunais por Mario Bittencourt, advogado do Santos, conhecido por defender o Fluminense no Caso Héverton, em 2013.

Na súmula do San-São, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou uma “invasão de campo” e reclamações de Cuca. Veja o que o juiz escreveu no documento abaixo:

“Informo que após o término da partida, o sr Alexi Stival, técnico da equipe do Santos FC, invadiu o campo de jogo e com gestos acintosos e ostensivos se dirigiu até a equipe de arbitragem e proferiu as seguintes palavras: “Ricardo, você errou! Meu time faria o gol. Você me prejudicou, isto é uma sacanagem. Você vai ver na TV. Estou cansado de ser prejudicado. Sempre contra o Santos. Você errou, você errou, reconheça!”. O referido treinador resistiu em deixar o campo de jogo, sendo necessário que membros da sua comissão técnica e jogadores o retirassem do campo”.

Cuca entrou no gramado depois do fim do clássico para reclamar, pois a arbitragem encerrou o San-São no momento em que o Peixe partia em um contra-ataque. Victor Ferraz recebeu cartão amarelo durante os protestos. Pouco antes, Nenê acertou a barreira e Ricardo Marques terminou a partida.

Fonte: GloboEsporte.com

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!