Vasco tenta manter tranquilidade em meio à crise

A derrota de 2 a 1 para o América-MG na noite de quinta-feira, em Belo Horizonte (MG), foi a terceira consecutiva do Vasco no Campeonato Brasileiro. Antes, o time já tinha caído por 1 a 0 para o Atlético-PR no Paraná e atropelado pelo Santos em casa, com o placar de 3 a 0. A proximidade da zona de rebaixamento é uma realidade. Com 24 pontos, o time da Colina está a apenas um do Sport, que abre a parte menos nobre da tabela de classificação. Porém, o que mais parece incomodar os jogadores não é nem a pontuação e sim uma sequência negativa, sendo que em algumas deles o resultado poderia ter sido diferente.

“Nós estamos nos cobrando muito por conta desta sequência negativa. Mas infelizmente não podemos mudar o que já passou. Temos que melhorar e, no mínimo, apresentar a postura do segundo tempo do jogo contra o América-MG”, disse o lateral-direito Yago Pikachu, que vem atuando de maneira improvisada no meio de campo.

O meia Wágner pensa de maneira parecida. “Temos que mudar esta sequência rapidamente, pois a pontuação não está boa. Porém, a maior preocupação realmente é evoluirmos, pois quando os bons resultados aparecerem, vamos conseguir subir na tabela”, observou.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, às 19h (de Brasília), para medir forças com o Vitória no Estádio Barradão, em Salvador, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso o técnico Alberto Valentim pode promover mudanças na escalação, porém ela só deverá ser divulgada minutos antes da partida. Nesta quinta-feira o plantel participou de uma atividade regenerativa ainda em Belo Horizonte. No sábado ainda acontecerá um treino na capital mineira e depois a delegação embarca para a Bahia.

Fonte: Gazeta Esportiva

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!