Alberto Valentim: ‘O jogador que está no departamento médico tem de trabalhar mais para voltar mais rápido’

Alberto Valentim pediu desculpas à torcida do Vasco pela derrota para o Santos. O treinador prometeu mais trabalho de todos para que o time consiga sair do sufoco no Campeonato Brasileiro – a equipe está em 15º lugar na tabela, a apenas três pontos da zona do rebaixamento. Ao apontar o que o Cruz-Maltino pode melhorar na temporada, tocou em um ponto delicado em São Januário: o alto número de lesões que afetam os jogadores do elenco.

No sábado, o treinador não pode contar com nada menos que sete jogadores: Breno, Werley, Henríquez, Leandro Castán, Ramon, Giovanni Augusto e Rildo. Todos eles entregues ao departamento médico, lesionados ou em processo de recuperação de lesão. Desses, ao menos quatro seriam titulares – Breno, Castán, Ramon e Giovanni Augusto.

– Vamos ter de trabalhar dobrado. Pedimos desculpas à torcida. Vamos trabalhar todos dobrado, a começar pela comissão técnica. O jogador que está no departamento médico tem de trabalhar mais para voltar mais rápido – afirmou.

Para o jogo contra o América-MG, quinta-feira, em Belo Horizonte, ao menos Ramon e Castán possuem chances de serem relacionados novamente. Outro que terá condição de jogo é Vinícius Araújo. Contra o Santos, esteve fora, suspenso por causa do terceiro cartão amarelo.

Os problemas de lesão no Vasco são tão recorrentes na temporada que em nenhum jogo este ano o time conseguiu entrar em campo sem ao menos três desfalques. Contra o Atlético Mineiro, atuou tendo nada menos que oito ausências por problemas médicos. Foi seu recorde em 2018.

Fonte: Extra Online

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!