Pelo Brasileiro, Vasco é superado pelo Santos no Maracanã

Kelvin em disputa de bola para o Cruzmaltino diante do Santos - Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Para mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama recebeu o Santos, no gramado no Maracanã, na noite deste sábado (01/09). O Gigante da Colina foi superado pelo adversário pelo placar de 3 a 0. O próximo compromisso do Cruzmaltino na competição nacional será diante do América-MG, na quinta-feira (06/08), às 20 horas, na Arena Independência.

O JOGO
Atuando em seus domínios, o Vasco viu o Santos abrir o placar no Maracanã ainda nos primeiros minutos do duelo. Aos quatro, Gabriel bateu de fora da área e marcou: Santos 1 a 0. O tento do time paulista não abateu o Gigante, que seguiu buscando criar oportunidades de igualar o marcador. Aos 10 minutos, após jogada de bola aérea, a defesa adversária tirou mal e a bola sobrou nos pés de Maxi López, que bateu para trás e viu a zaga afastar o perigo. Quando o cronômetro marcava 16, Wagner cobrou escanteio com categoria e obrigou Vanderlei a sair do gol para tirar de soco e evitar o primeiro tento cruzmaltino na partida.
O time comandado por Alberto Valentim gerou pressão para cima do Santos aos 20 minutos. Quando uma bola cruzada por Vagner sobrou para Bruno Silva tentar a finalização na área, mas a defesa alvinegra apareceu para cortar. Mais tarde, aos 38 minutos, Andrey recebeu passe de Kelvin na entrada da área e mandou uma bomba que explodiu no marcador. Na sequência, Lenon levou para o fundo e cruzou para Kelvin cabecear por cima da meta do goleiro santista.

Maxi López em ação com a camisa do Gigante – Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Aos oito minutos, Lenon subiu em velocidade pela direita e acionou Wagner. O meia invadiu a área e cruzou buscando Maxi López, mas a zaga santista apareceu para cortar. Aos 16 minutos, Henrique tocou para Andrey bater colocado de fora da área e obrigar o goleiro Vanderlei a se esticar para mandar por cima de sua meta. A pressão cruzmaltina pelo gol do empate se tornou ainda maior aos 20, quando Galhardo arriscou de fora e Maxi López ficou com a redonda para girar e bater, mas o camisa 1 do Santos apareceu novamente para salvar sua equipe. Quando o cronômetro marcava 21 minutos, o adversário ampliou a vantagem: Santos 2 a 0. Aos 36, o time paulista voltou a marcar: Santos 3 a 0.
Fonte: Site Oficial do Vasco
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

  •  
  •  

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠