Vasco tem problemas para confronto pelo Brasileirão

FOTO: SITE OFICIAL

Rio – O técnico Valdir Bigode vai ter que coçar muito a cabeça para montar o time do Vasco para a partida de amanhã, contra a Chapecoense, pela 21ª rodada do Brasileiro, às 19h, em São Januário. Até o momento, o interino já sabe que não poderá contar com seis jogadores: Ramon, Breno, Werley, Henríquez, Rildo e Leandro Castan, todos entregues ao departamento médico. E esse número, por incrível que pareça, ainda pode aumentar, uma vez que Thiago Galhardo e Giovanni Augusto são dúvidas e serão avaliados pelos médicos momentos antes de o time entrar em campo.

Assim como o Vasco (14º colocado com 21 pontos, mas com dois jogos a menos), a equipe catarinense anda flertando com a zona de rebaixamento (em 15º lugar, com a mesma pontuação). Por isso, voltar a vencer na competição o último triunfo foi contra o Grêmio, por 1 a 0, gol de Andrés Ríos , principalmente em seu território, é fundamental. De lá para cá, o Vasco acumula três derrotas (Corinthians, São Paulo e Palmeiras) e dois empates (Ceará e Atlético-MG).

PRESIDENTE FAZ MISTÉRIO

No retorno da delegação depois do compromisso diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte, o presidente vascaíno, Alexandre Campello, evitou revelar detalhes da negociação com o técnico Alberto Valentim, que já está acertado com o clube, mas que só será anunciado quando resolver as pendências de sua rescisão contratual com o Pyramids, do Egito.

“Dois nomes estão sendo falados (Jair Ventura e Alberto Valentim). Não vamos falar quais são. Só quando estiver alguma situação definida. Os contatos estão caminhando e estão a critério de Alexandre Faria (diretor-executivo)”, afirmou o dirigente.

Fonte: O Dia

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

  •  
  •  

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠