Valdir lamenta empate em casa, fala sobre classificação no Brasileiro, seu futuro e elogia o elenco


Fred Huber @FredHuber
Valdir. #gevas

Valdir: “Tivemos um bom tempo para treinar. Não Fomos felizes nas finalizações nesta partida.” #gevas

Valdir: “Estamos cientes da tabela. Conversamos muito. Uma vitória nos deixaria em uma situação boa, com dois jogos a menos. Nosso grupo é bom, só não estamos com a felicidade plena. Temos tido que fazer substituições não planejadas. Eles estão dando o máximo”. #gevas

Valdir: “Sobre o meu futuro, estou sossegado, como sempre. Acho que tive um bom aproveitamento nas chances que eu tive. Nesse jogo faltou muito pouco para termos êxito.” #gevas

Valdir: “Quebramos a sequência de derrotas. Não é o que queríamos. Ainda mais dentro de casa. Treinamos para atacar. O Maxi ainda não está na melhor forma, mas preferimos arriscar por causa da qualidade dele. Vou continuar trabalhando. Vou trabalhar contra o Atlético” #gevas

Valdir: “Não vejo o time abalado. Os jogamos são de nível muito bom. Tivemos a chance de matar o jogo e não conseguimos, e aí levamos o gol. Melhoramos no final, o segundo tempo foi bem melhor”. #gevas

Valdir: “Fiz duas mudanças. Na verdade…uma. Tirei o Andrey e coloquei um jogador mais experiente. Acho que o Thiago fez uma grande partida. A segunda foi pela lesão do Breno. O Bruno a origem dele é zagueiro. Não queria dois zagueiros canhotos. Bruno também foi bem”. #gevas

Valdir: “Protestos são válidos. O time cresceu no jogo, circulou as jogadas, fizemos o gol e continuamos em cima. Criamos chance com o Giovanni, mas depois levamos o gol. O torcedor reagiu bem. O peso da torcida é importantíssimo, a torcida protestou com razão. Faz parte.” #gevas

Valdir sobre Wagner: “Converso com todos. Mostro porque não estava jogando. Confio no Wagner, já venho motivando ele. Tem talento e experiência. Acreditei nele. Fazer um gol e ir no treinador é o carinho e amizade. Todos são meus amigos, não tenho preferência.” #gevas

Valdir: “Jogador às vezes tem que ficar chateado mesmo (por não jogar)” #gevas

Valdir: “Entrada e saída de treinador é da cultura do país.” #gevas

Valdir: “Ramon sentiu, Wagner foi no máximo… Eu já estava preocupado com o Maxi, mas ele foi muito homem e ficou até o fim”. #gevas

Valdir: “Sou funcionário interino do clube. Estamos tentando ajudar de todas as formas. A resposta é questão de tempo. Não sei responder. Vamos deixar o tempo correr”. #gevas

Valdir: “Tenho contato com o presidente toda hora. Mas não teve conversa sobre isso (permanência). Não tenho essa ansiedade, mas tenho esse desejo. Vamos passo a passo. No momento certo acho que vou ter a oportunidade. Nesse momento eu sou interino” #gevas

Fim da entrevista de Valdir Bigode. #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Fred Huber/GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠