Martín defende carga alta de treinos e diz não haver reclamações públicas no vestiário

A nova metodologia de trabalho desenvolvida no Vasco desde a chegada do técnico Milton Mendes foi mais uma vez assunto nesta quinta-feira, em São Januário. A quantidade e a intensidade maiores dos treinos em relação ao que o elenco estava acostumado foi como um choque, especialmente para os mais experientes. O goleiro Martín Silva, no entanto, garante que nunca houve reclamação pública de ninguém dentro do vestiário.

Para o uruguaio, o importante agora é aproveitar ao máximo o tempo de preparação até o dia da estreia no Campeonato Brasileiro, dia 14, contra o Palmeiras, em São Paulo.

– No grupo, ninguém se manifestou sobre carga e quantidade de trabalho. Não é público no vestiário. Para mim não é verdade. Pelo menos não sei. O trabalho que estamos fazendo não é nada de incomum. Foram só dois integrais essa semana, nada demais. Precisamos de cada treino para melhorar – disse o arqueiro.

Sobre Rodrigo, Martín disse que o elenco foi apenas informado de que o ex-capitão pediu alguns dias para resolver problemas pessoais. O zagueiro, no entanto, passou a não fazer mais parte dos planos da diretoria vascaína.

– Fomos comunicados que o Rodrigo pediu uma licença de alguns dias para viajar. Mais nada. Tomara que não seja nada grave e ele consiga resolver. Dentro do vestiário não sabemos de nada.

O elenco cruz-maltino segue nesta sexta-feira o trabalho de preparação para o duelo com o Palmeiras. A comissão técnica fará até dois jogos-treinos neste período para que a equipe não perca ritmo.

Fonte: GloboEsporte.com

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!