Ricardo avalia estreia na Copa do Brasil e revela ligação de Luan

A participação cruzmaltina na Copa do Brasil sub-20 não poderia ter começado melhor. Com uma exibição de gala, o Cruzmaltino derrotou o América (MG) por 5 a 1 e carimbou o passaporte para a segunda fase da competição sem precisar disputar a partida de volta. Diante do Coelho, o Gigante da Colina contou com o talento de atletas que possuem passagem pelo profissional, dentre eles Ricardo. O zagueiro não escondeu a satisfação com o resultado da estreia após o apito final.

– Nossa equipe começou muito bem. Abrimos 2 a 0 e poderíamos até ter feito mais antes do tempo técnico. Quando voltamos da parada, o juiz marcou um pênalti e o América passou a dificultar o jogo. O time deles veio para cima até o final do primeiro tempo, mas conseguimos nos segurar. Na segunda etapa, voltamos a ter a tranquilidade do começo da partida e fomos superiores. As chances que não aproveitamos no primeiro tempo, aproveitamos no segundo. Foi uma vitória merecida. O grupo está de parabéns – afirmou o zagueiro.

Enquanto Ricardo suava a camisa em Sete Lagoas para garantir uma boa vitória para o Cruzmaltino, um dos seus ídolos, o campeão olímpico Luan, encerrava sua primeira passagem pelo Gigante da Colina. Na entrevista coletiva de despedida, o hoje jogador do Palmeiras agradeceu ao Vasco por ter oferecido tudo que é necessário para a realização do seu sonho e elegeu Ricardo como seu substituto, repetindo um gesto de Dedé, que o escolheu para dar seguimento ao seu trabalho ao deixar o clube há quatro anos.

– Eu nem acreditei quando me falaram. Era a entrevista de despedida dele e não achei que o meu nome fosse ser citado. Tinha acabado de jogar e estava com a cabeça mil. Depois que vi, fiquei muito feliz e contei para o meu pai, que se emocionou bastante. A carreira do Luan é incontestável, afinal são 11 anos de Vasco, um bicampeonato carioca e um título olímpico pela Seleção Brasileira. O Luan e o Dedé são ídolos consagrados, não dá para comparar. Estou na transição ainda, jogando no sub-20 e treinando no profissional, mas sempre trabalhando firme. Se um dia aparecer a oportunidade, vou procurar aproveitar da melhor maneira possível – disse Ricardo.

Ricardo recebe telefonema de Luan antes do retorno ao Rio

Após a goleada sobre o América Mineiro, os Meninos da Colina pegaram a estrada com destino ao Rio de Janeiro. Antes de entrar no ônibus, porém, o telefone de Ricardo tocou e do outro lado da linha estava Luan. O campeão olímpico parabenizou o pupilo pelo triunfo e o encheu de conselhos. De todas as palavras ditas, uma não saiu da mente do atual comandante do sistema defensivo do sub-20 vascaíno: paciência.

– Tive a felicidade de falar com o Luan e agradecê-lo por tudo antes de voltar para casa. Ele me ligou e repetiu tudo que sempre me disse em São Januário: para manter os pés no chão e sempre trabalhar forte, pois a oportunidade chegará no momento. Lembrou também que começou como titular, mas depois foi para o banco e acabou retornando ao juniores, mas não se abalou com isso. Seguiu treinando firme e aguardando uma chance. Quando ela veio, não saiu mais. O Luan, assim com o próprio Dedé, foi paciente e demorou para se firmar no time. Eu também vou ser. Não preciso ter pressa, pois sei que o Vasco tem um ótimo planejamento para mim – finalizou.

Fonte: VASCO.com.br

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!