Com passagem por Sevilla, Corinthians e Flu, revelação do Carioca encaminha acordo com Vasco

Aos 23 anos, o meia Douglas Lima conseguiu deixar o anonimato para se tornar um dos destaques do Madureira no Campeonato Carioca deste ano, a ponto do Vasco ter encaminhado acordo com a revelação. O excelente momento, inclusive, fez com que atraísse o interesse do empresário Carlos Leite, um dos mais influentes em São Januário e com quem fechou em 2017.

A atual fase não lembra nem de perto as dificuldades que ele passou como desemprego e até mesmo um desmaio durante um treino.

Apesar de jovem, o seu currículo poderia deixar muito veterano com inveja. Afinal, ele tem passagem pela base de Fluminense, Nova Iguaçu, Corinthians, Flamengo-SP, Vitória e Sevilla, da Espanha. Mesmo assim, só foi estrear como profissional no ano passado.

“No Sevilla, treinei com o (Carlos) Bacca (centroavante da seleção colombiana e do Milan), tinha o goleiro da seleção de Portugal na época, o Beto, o Coke (lateral-direito espanhol, que joga atualmente no Schalke 04). Tinha muito cara bom lá”, disse o jogador ao site do Madureira.

Também foi no ano passado que sofreu com desemprego e precisou recomeçar a carreira no Rio-São Paulo, time da terceira divisão estadual e depois atuou na Copa Rio no segundo semestre. Após se destacar na equipe, ele foi fazer testes no Madureira, em dezembro.

“Chegou um moleque canhotinho que fizemos uma experiência antes de começar o campeonato. Ele chegou para ver se ficaria no grupo principal para o Carioca. Ele me impressionou pela velocidade e pela chegada no gol”, disse o técnico Paulo César Gusmão, ao ESPN.com.br.

“Um dia, ele deu um pique e caiu desmaiado. Eu saí correndo desesperado e perguntei: ‘o que aconteceu?’ Ele disse: ‘Professor, saio da minha casa às 4h30 para estar aqui às 8h30. Moro em Mesquita (cidade do Rio de Janeiro), não tomo nem café da manhã'”, prosseguiu.

O treinador se comoveu com a história e resolveu ajudar o pupilo.

“Comecei botando café da manhã para eles, ajudando a comprar suplementos e dando lanche depois do treino. A ideia é que eles chegassem em casa sem estar com a barriga vazia. Do próprio bolso comprei sanduíche, suco e fruta. O que a gente puder fazer para ajudar a gente faz. Até porque são eles que nos ajudam dentro de campo”, afirmou.

Douglas, que fez 11 partidas e um gol no estadual, sabe atuar tanto na lateral esquerda como meia mais aberto pelas pontas.

“Ele tem potencial e ainda precisa desenvolver um pouco mais. Acho que ele precisa de um pouco mais de rodagem para ser titular de uma grande equipe, mas para compôr elenco já é possível”, analisou.

“Se der tudo certo é mais um que conseguimos ajudar. Torço para que ele trilhe um belo caminho no futebol e possa ajudar a dar condições melhores para a família”, projetou o treinador.

O Madureira fez bela campanha na Taça Guanabara, sendo eliminado nas semifinais pelo Fluminense com um empate por 0 a 0. Na Taça Rio, a equipe terminou na quinta posição do Grupo B e não avançou para a segunda fase. No total, o “Tricolor Suburbano” terminou com a sexta melhor campanha geral com 15 pontos ganhos.

“Creio que o nosso trabalho no clube foi muito bom. O grupo deu um retorno muito bacana e vários jogadores apareceram”, finalizou Gusmão.

Fonte: ESPN

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!