Milton Mendes não acredita em indisciplina de Nenê após substituição: ‘Se fosse, atacava na hora’

Quem conhece Nenê, sabe que se trate de um jogador fominha. O camisa 10 do Vasco quer sempre jogar todas as partidas do time, e sempre durante os 90 minutos. Nesta quinta-feira (30), o Cruz-Maltino derrotou o Boavista por 1 a 0, em São Januário, e o técnico Milton Mendes substituiu Nenê antes do fim da partida, o que chateou o jogador. No entanto, o treinador desconsiderou uma suposta insubordinação do atleta e destacou a vontade do meia.

“Eu cumprimentei ele e disse: ‘Boa, Nenê’. Indisciplina, não. Se fosse indisciplina, eu atacava na hora. O Nenê gosta de jogar, gosta de estar no jogo. Estava difícil, truncado, a bola parando… Não era para ele”.

O Vasco agora enfrenta o Nova Iguaçu, neste domingo (02), às 16h, em Moça Bonita, pela última rodada da Taça Rio.

Fonte: Esporte Interativo

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!