Vasco tem histórico de vitórias contra o Fluminense em jogos realizados no dia 30 de março

O dia 30 de março poderia entrar no calendário vascaíno como o “Dia da Freguesia Tricolor”.

Aconteceram nesta data nada menos que três vitórias do Gigante da Colina sobre o Flu, registradas nos anos de 1961 (pelo Torneio Rio-SP), 1975 (pelo Estadual) e 2014 (também pelo Estadual).

Vamos relembrar estes três triunfos da História Cruzmaltina !

O JOGO DE 1961:

“Após 90 minutos de uma exibição primorosa, de bom futebol, o Vasco impôs uma goleada de 4×1, e afastou as últimas esperanças que os tricolores tinham, de se classificarem para o turno final do Rio-SP. Na primeira etapa, os cruzmaltinos levaram vantagem de 2×1, gols de Delém aos 5, Jaburu aos 13 e novamente Delém aos 31. Na segunda etapa, o centroavante Pacoti aumentou a contagem aos 13, e Da Silva completou a goleada, aos 37.” (Jornal dos Sports – 30/03/1961)

“Espetacular vitória obteve ontem à noite no Maracanã a equipe do vasco, goleando o Fluminense por 4×1. O resultado espelhou realmente o que foi o jogo, pois todo o quadro cruzmaltino jogou bem, salientando-se Lorico e Da Silva, principalmente o primeiro que esteve impecável durante os 90 minutos. No primeiro tempo (Vasco 2×1) o Fluminense ainda se equilibrou em algumas fases da partida, porém perdeu-se totalmente no período complementar, quando Escurinho foi expulso por reclamar do árbitro José Monteiro.

Com este resultado, a classificação série Rio do Torneio Rio-SP já está definida. Disputarão o turno final Botafogo, Flamengo e Vasco” (Correio da Manhã – 31/03/1961)

Torneio Rio-SP 1961 – Vasco da Gama 4×1 Fluminense
Local: Maracanã – Rio De Janeiro (GB);
Renda: Cr$ 1.854.901,00
Público: 37.394
Juiz: José Monteiro
Gols: Pacoti, Da Silva, Delém (2)-Jaburú
Expulsão: Escurinho 50’
Vasco da Gama: Ita, Paulinho, Bellini e Coronel; Écio e Barbosinha; Sabará, Delem, Pacoti, Lorico e Da Silva.
Técnico: Martin Francisco
Fluminense: Castilho, Pinheiro, Clóvis e Altair; Edmilson e Paulinho; Telê, Valdo, Jaburu e Escurinho (Edison e Odair)
Técnico: Zezé Moreira

O JOGO DE 1975:

“Afinal, caiu o último invicto na Taça Guanabara: com uma atuação perfeita no primeiro tempo, quando marcou os dois gols, o Vasco conseguiu parar a Máquina, vencendo o time tricolor por 2 a 1, na tarde de ontem no Estádio Mário Filho, com gols de Roberto e Renê, marcando Cléber para o Flu.” (Jornal dos Sports – 31/03/1975)

“O Vasco, jogando com consciência e tranquilidade, derrotou o desorganizado e lento time do Fluminense por 2 a 1, ontem no Maracanã, numa partida em que foi sempre superior a seu adversário e que apresentou um nível técnico bastante razoável.” (O Globo – 31/03/1975)

Carioca 1975 – Vasco da Gama 2×1 Fluminense
Local: Maracanã – Rio De Janeiro ;
Juiz: Arnaldo César Coelho;
Auxiliares: José Valenciano Correia e João Batista Chagas
Renda: Cr$ 793 230,00
Público: 56 749;
Gols: Roberto 12 e Renê 40 do 1º; Cléber (Fluminense) 13 do 2º;
Cartões amarelos: Zanata, Alfinete e Roberto
Expulsão: Luís Carlos (Vasco)
Vasco da Gama: Andrada; Paulo Cesar (Celso Alonso), Joel, Rene e Alfinete; Alcir, Zanata e Carlinhos (Bill); Edu, Roberto e Luiz Carlos
Técnico: Mário Travaglini
Fluminense: Feliz; Toninho, Silveira, Edinho e Marco Antonio; Zé Mário, Kleber e Rivelino; Gil, Manfrini e Zé Roberto. Cafuringa entrou
Técnico: Didi

O JOGO DE 2014:

“Foram dez anos de espera até que o Vasco voltasse a disputar uma final de carioca. E, justamente, contra o maior rival, dono da vantagem de jogar por dois empates na decisão, como tinha o Fluminense nas duas semi-finais. O empate em 1 a 1 e o 1 a 0 de ontem mostrou que a tradição da virada vascaína continua de pé no Maracanã” (O Globo – 31/03/2014)

Carioca 2014 – Vasco da Gama 1×0 Fluminense
Local: Maracanã – Rio De Janeiro ;
Juiz: Marcelo de Lima Henrique;
Auxiliares: José Valenciano Correia e João Batista Chagas
Renda: R$ 663,990,00;
Público: 19.586;
Gol: Edmílson, aos 44 min do 1º tempo;
Vasco da Gama: Martin Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo, Diego Renan (Marlon), Guiñazu, Pedro Ken, Douglas, Reginaldo (Fellipe Bastos), Everton Costa e Edmilson (Thalles).
Técnico: Adilson Batista
Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton, Carlinhos, Valencia, Diguinho (Wagner), Rafinha (Biro-Biro), Conca, Walter (Rafael Sóbis) e Fred.
Técnico: Renato Gaúcho

 

Fonte: História Cruzmaltina, Netvasco (Transcrição)

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Torcedor Gigante. Confira os novos planos!