Torcida do Vasco no Acre se reúne com MPE e garante respeito à decisão


47ª Família Força Jovem   (Foto: Renato Pereira)
 
 
 
Os integrantes da torcida organizada Força Jovem do Vasco da Gama estiveram proibidos de entrar nos estádios de todo o Brasil durante o ano de 2014. A liminar foi concedida pelo juiz da 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Luiz Roberto Ayoub, que decidiu pela suspensão da torcida por um ano, em virtude da confusão generalizada com torcedores do Atlético Paranaense no dia 8 de dezembro de 2013, em partida da 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Passado o período de suspensão, a proibição foi prorrogada. Com isso, os integrantes da Força Jovem do Acre não poderão entrar na Arena da Floresta, no dia 4 de março, caracterizados com o uniforme da torcida. Os representantes da organizada estiveram reunidos com a promotora de Justiça de Defesa do Consumidor do MPE-AC, Alessandra Marques, na quarta-feira (25), e avisados que a proibição segue em vigor.

– Ela se mostrou bastante sensibilizada com o nosso caso. Disse que não queria que ninguém ficasse de fora do jogo, mas por isso, teríamos que respeitar a decisão judicial – explicou o presidente da Força Jovem acreana, Dereek Franklin.

Ainda de acordo com ele, os torcedores, uma vez dentro do estádio, estão proibidos de fazer quaisquer gestos ou cânticos que façam referência à Força Jovem.

– Podemos ir ao estádio e torcer, mas com a camisa do Vasco, e também, só poderemos cantar os cânticos do próprio time – alertou.

Apesar das restrições, o presidente da Força Jovem do Acre diz ser de acordo com a decisão.

– Temos noção do que houve e bom senso. Respeitaremos a decisão e iremos assistir e torcer pelo Vasco, que é mais importante do que qualquer coisa – finalizou o torcedor.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠