Reforço do fut 7 do Vasco, Falcão espera conquistar a torcida vascaína


Falcão Vasco futebol 7 (Foto: Reprodução Facebook)
 
Pela quinta vez na carreira, Falcão vai atuar por um dos chamados “clubes de camisa”. Depois de jogar por Corinthians, Atlético-MG, São Paulo e Santos no futsal e São Paulo no futebol de campo, chegou a vez de o craque das quadras atuar pela equipe de futebol 7 do Vasco. Pelo contrato firmado com o Cruz-Maltino, o camisa 12 fará cinco partidas pelo clube em 2015, sempre nas folgas da equipe que defende no futsal, o Sorocaba. Empolgado com o novo desafio, Falcão afirmou que uma das coisas que o motivou a fechar com o time de São Januário foi a possibilidade de voltar a conviver com uma grande torcida.

– A grande diferença entre atuar por um clube apenas de futsal e jogar por um dos times de camisa é a torcida. No futsal, a torcida é mais familiar. Como estou perto de me aposentar, precisava voltar a sentir a massa. O Vasco tem milhões de torcedores, e eu pretendo me doar ao máximo nas partidas em que eu atuar pelo clube – disse Falcão.

Esta será a segunda passagem do melhor jogador de futsal de tempos pelo fut 7, modalidade oriunda do antigo futebol society. Em 2014, Falcão atuou pelo Madureira na primeira fase da Liga das Américas, ajudando o Tricolor Suburbano a se classificar para a etapa seguinte – o campeão foi o Fluminense.

No Vasco, o camisa 12 encontrará boa parte do elenco do Madureira do ano passado. Antigo gestor de futebol 7 do Tricolor Suburbano, o empresário Carlos Gandola hoje ocupa o cargo de assessor da presidência do clube da Colina, enquanto o seu filho, Leandro Brito, assumiu a gestão da modalidade, ficando à frente das negociações com Falcão.

– Sou jogador de futsal e não estou mudando de esporte. Ainda vou definir em quais partidas vou atuar. Minha intenção é ajudar no crescimento da modalidade. Hoje o futebol 7 do Vasco tem as mesmas pessoas do Madureira, e isso acabou facilitando a minha vinda – contou.

Além da base do Madureira, Falcão terá como companheiros de Vasco dois velhos conhecidos do futsal. Um deles é Cabreúva, jogador do Orlândia e da seleção brasileira, que também fará algumas partidas pelo Cruz-Maltino. O outro é o veterano Vander Carioca, que voltará a reeditar uma parceria com o craque após nove anos encontrando-o apenas como adversário.

– Nunca joguei com o Vander em clube, só na seleção. Fomos companheiros no Mundial de 2004. Se eu não me engano, a última vez que atuamos juntos foi em 2006 – recordou Falcão, que conquistou a Liga Futsal 2012 pelo Orlândia, em cima do Joinville de Vander Carioca.

 
Falcão Madureira Sidekicks Fut7 (Foto: Betto Pericles/JornalF7.com)

Ciente de que encontrará um Vasco em processo de reestruturação, após uma década de poucas conquistas, o camisa 12 afirmou que não teme ser cobrado.

– Sei que o carro-chefe do Vasco é o futebol, mas a cobrança no futebol 7 vai vir junto. Gosto disso, fico motivado em ser cobrado. O torcedor tem todo o direito de cobrar e estarei em campo para responder da melhor forma – finalizou.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠