Entre aplausos e elogios, Guiñazu joga 90 minutos e vira exemplo no Vasco


 
 
Exatos 23 dias separaram a lesão no joelho esquerdo do retorno aos gramados. Uma volta que surpreendeu a torcida vascaína. E fez crescer ainda mais o moral de Guiñazu em São Januário. Na noite da última quinta-feira, o argentino vestiu a camisa do Vasco após a artroscopia. Jogou os 90 minutos, acertou a maioria dos passes (um deles de letra), levou cartão amarelo com menos de 20 minutos de partida e ouviu aplausos da torcida. Até mesmo quando errou o lançamento e mandou a bola na arquibancada.

Reflexo da adoração dos vascaínos por seu capitão. O retorno antes do esperado animou o técnico Doriva. Após o apito final, o treinador se dirigiu ao volante e o chamou de ”Monstro”. É um dos muitos apelidos do jogador em São Januário. Se encaixa bem para justificar a recuperação acelerada com tratamento intensivo e ajuda essencial do Caprres (Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo), projeto idealizado pelo coordenador científico Alex Evangelista que visa desenvolver e criar um centro de saúde capaz de integrar todas as especialidades relativas à medicina esportiva. Para isso, o clube utiliza aparelhagem de primeira linha que atende também a equipes da NBA, a liga de basquete dos Estados Unidos.

– O principal é falar para que todo mundo veja, porque às vezes acontece e isso não sai. Chegou um cara aqui no clube (Alex Evangelista) que veio com uma ideia original e sensacional, o Caprres. Isso tem cuidado da nossa saúde, da nossa nutrição… Estamos treinando sem sentir dor, então é parabéns para todos. Isso tem que sair, tem que ser divulgado – frisou o volante em entrevista à Rádio Globo após o jogo.

A lesão foi no dia 21 de janeiro contra o Flamengo, em Manaus. A artroscopia, três dias depois. No último sábado, dia 7 de fevereiro, Guiñazu voltou a treinar com bola. Nesta quinta, o retorno aos gramados com direito a elogios do comandante Doriva.

– Foi impressionante a recuperação dele, a força de vontade. Pudemos ver o esforço, o que ele fez para se recuperar rápido. O chamei de Monstro após o jogo. Tem um caráter fantástico. É um trabalhador nato, exemplo para os mais jovens. Utilizamos ele para dar exemplo mesmo. Foi uma atuação fantástica após a lesão – disse.

O Vasco de Guiñazu volta a treinar nesta sexta-feira pela manhã. Durante o carnaval, a equipe folgará apenas no domingo. O próximo compromisso será na quarta, contra o Barra Mansa, às  22h (de Brasília), em São Januário.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠