Clima tenso no protesto de vascaínos em frente a São Januário


Protesto em São Januário (Foto: Daniel Guimarães/ LANCE!Press)

 

O clima é tenso no protesto de torcedores do Vasco em frente a São Januário, onde acontece a reunião da Junta Deliberativa Eleitoral do clube. Mais dez pessoas se juntaram às vinte que estão no local há cerca de uma hora. Bombas popularmente conhecidas como “cabeção de nego” foram lançadas há instantes. Um torcedor, mais exaltado, chegou a gritar:

– Se eu não votar, o pau vai comer! – esbravejou.

Os protestantes são, em tese, integrantes do grupo de sócios cadastrados am abril do ano passado. Mais de 3 mil pessoas estariam sendo bancadas por Eurico Miranda e Roberto Monteiro, em troca de votos no próximo pleito. O caso foi denunciado pelo também pré-candidato Nelson Rocha, e já tem o depoimento do grande benemérito Otávio Gomes.

O delegado Maurício Luciano, da 17ª DP (São Cristóvão) investiga o caso, e enviou um documento ao presidente da Assembleia Geral do Cruz-Maltino, Olavo Monteiro de Carvalho, para que o processo eleitoral – por ele coordenado – aguardasse o desfecho do caso.

Se mantiver o que disse ao LANCE!Net na sexta-feira, Olavo irá, no encontro da Junta Deliberativa desta segunda-feira, apenas repassar a informação de que a definição da data do pleito, que seria definida no encontro, não ocorrerá.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠