Após queda, Diogo Silva volta ao gol do Vasco. E culpa não é só da Fifa


As seguidas falhas deixaram os goleiros do Vasco como principais vilões no rebaixamento da equipe para a segunda divisão. Alessandro está fora dos planos, mas Diogo Silva segue como reserva imediato de Martin Silva. Convocado para a Copa do Mundo, o uruguaio não poderá mais defender o Cruzmaltino até a competição por determinação da Fifa. A entidade máxima do futebol, no entanto, não é a única culpada para a volta do questionado jogador á meta.
Se a torcida não aprova o trabalho de Diogo Silva, o mesmo não acontece internamente, já que o goleiro está nos planos de diretoria e comissão técnica. Evidentemente, a chegada de Martin Silva, no início do ano, mostra um descontentamento com as atuações do goleiro em 2013. Mesmo assim, sua permanência no Cruzmaltino não foi entendida pela torcida.
Em meio a lamentações, Diogo Silva terá seis jogos como titular do Vasco. As partidas serão contra Sampaio Correa, Joinville, Bragantino, Portuguesa, Boa Esporte e Náutico, todos pela Série B.
A falta de confiança da torcida com Diogo Silva é tanta que muitos cobram uma oportunidade ao jovem Jordi, de 20 anos, com passagens pelas categorias de base da seleção brasileira. O técnico Adílson Batista, no entanto, explica o motivo de sua escolha.
“Diogo é mais experiente, mais rodado, mais goleiro e mais preparado. O menino Jordi terá a sua oportunidade no momento oportuno, mas quem joga é o Diogo Silva”, disse o treinador do Vasco à Rádio Globo.
Com um jogo a menos, o Vasco conquistou sete pontos em quatro jogos. Em 6º, o Cruzmaltino depende apenas de suas forças para voltar ao G4. O próximo compromisso da equipe será nesta terça-feira, às 21h50, contra o Sampaio Correa, no Albertão.
Fonte: Uol
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠