Vasco volta a revelar jogadores. Mas tem de fatiá-los para evitar calote


Thalles é xodó da torcida. Luan conquistou a confiança do técnico Adílson Batista. Os dois fazem parte da última geração de revelações do Vasco. Mas o time de São Januário está abrindo mão de parte de suas promessas para evitar o calote em dívidas feitas em 2012.
Há dois anos, a situação do clube era crítica e a diretoria fez um empréstimo com um grupo de empresários. Cada um investiu de R$ 300 mil a R$ 600 mil. No total, a quantia chegou a R$ 5 milhões – a prática de procurar empréstimos com empresários é relativamente comum no clube e o ex-vice de futebol, José Hamilton Mandarino, e o atual, Ercolino de Luca, são alguns dos que já colocaram dinheiro do próprio bolso.
Com isso, o Vasco ainda não conseguiu pagar a dívida. Com uma uma nova eleição no horizonte, e a incerteza de que a próxima gestão vai honrar os compromissos da diretoria atual, os empresários passaram a pressionar para receber. O clube, então, resolverá o problema da maneira mais simples: fatiando os atletas.
Os dois jovens titulares fazem parte do pacote de jogadores oferecido aos empresários. Na proposta, a dívida seria paga com parte dos direitos econômicos desses atletas – nem todos tiveram seus nomes revelados. O grupo de investidores considerou os números baixos e as negociações devem seguir.
A solução foi a única encontrada pelo clube para contornar a situação financeira, novamente, delicada que vive atualmente. Todas as receitas são usadas para o pagamento de salários de jogadores e funcionários – inclusive o dinheiro de vendas de atletas, como a do jovem volante Danilo para o Liverpool. 
O quadro, porém, pode ser amenizado com os jogadores revelados. Thalles, por exemplo, renovou seu contrato até 2017 com o Vasco no mês passado. Sua multa subiu para R$ 60 milhões para clubes do exterior e para R$ 30 milhões em caso do interessado se brasileiro. Ao lado do zagueiro Luan, já tem sido observado por clubes europeus. A dupla também coleciona passagens por seleções brasileiras de base (Thalles vai jogar o Torneio sub-20 de Toulon, na França, no mês que vem pelo Brasil). Além dele, o técnico Adilson Batista também promoveu os atacantes Marquinhos e Yago para o elenco profissional em 2014. Eles, também, têm se destacado nos últimos jogos da equipe.
A última grande safra de pratas-da-casa revelados pelo Vasco foram os garotos nascidos entre 1989 e 1992. Desta geração, surgiram Alan Kardec, hoje no São Paulo, Alex Teixeira, do Shakter, da Ucrânia, e Phillippe Coutinho, destaque do Liverpool, da Inglaterra.
Fonte: Uol
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠