Vasco vive impasse com viagens para os dois próximos jogos da Série B


 

O Vasco pode não mais viajar para Recife e Manaus onde, inicialmente, estavam marcadas as partidas contra Náutico e Sampaio Corrêa, respectivamente, pela Série B. E o impasse se deve por questões políticas.

No jogo contra o Timbu, marcado para este sábado, existe a possibilidade do confronto não acontecer em função da greve dos policiais militares de Pernambuco.  As autoridades aguardam até esta sexta-feira por uma definição. Em Salvador, as partidas do Bahia e do Vitória, pela Copa do Brasil, foram adiadas pelo mesmo motivo.

Já com relação ao duelo em Manaus, agendado para a terça-feira da semana que vem, o impasse ocorre por conta do local do jogo. O Vasco havia acertado com uma empresa o mando do evento para a Arena da Amazônia. Porém, a coordenadoria geral da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP) acenou com o veto em função da obrigação do estádio ser entregue à Fifa dois dias depois.

No caso da partida com o Sampaio Corrêa ainda há uma polêmica maior, já que a CBF, em seu site oficial, confirmou o confronto na Arena da Amazônia.

O Cruzmaltino foi pego de surpresa nas duas situações e aguarda uma solução.

Fonte: UOL Esporte

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠