Chapa 'É Vasco' protocola ofício visando destituição de Dinamite


 Dinamite (Foto: Cleber Mendes)

 

Líderes da chapa “É Vasco”, Leonardo Gonçalves e Eduardo Machado, protocolaram, na noite desta quarta-feira, um ofício ao presidente do Conselho Deliberativo do Cruz-Maltino, Abílio Borges, pedindo convocação para uma reunião em um prazo de, no máximo, 15 dias, com o objetivo de destituir o presidente Roberto Dinamite e o vice-presidente de finanças Jayme Lisboa pelo descumprimento da Lei Pelé. Caso Abílio não cumpra o solicitado, Leonardo Gonçalves e Eduardo Machado, prometem ajuizar uma ação.

A quebra do estatuto e o descumprimento da Lei Pelé aconteceu no fim do mês passado, quando o balanço financeiro referente a 2013 não foi publicado até o último dia de abril – como prevê a lei federal 9.615.

A chapa “É Vasco” foi formada no começo do mês passado, mas ainda não anunciou oficialmente o nome que será o candidato à presidente do clube na eleição que acontecerá este ano.

Vale ressaltar que a mudança no estatuto ocorreu recentemente, e por unanimidade, após votação no Conselho Deliberativo. No encontro, o clube procurou se adequar à lei sancionado pela presidente Dilma Roussef, que fez alterações na Lei Pelé para uma maior transparência nas entidades esportivas.

O artigo 46-A da Lei Pelé diz que entidades desportivas devem: “Elaborar e publicar, até o último dia útil do mês de abril, suas demonstrações financeiras na forma definida pela Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976, após terem sido auditadas por auditores independentes; (Incluído pela Lei nº 10.672, de 2003)”

O balanço tem sido um problema recorrente na atual diretoria. Os documentos referentes a 2012 apresentaram inúmeros problemas e até o momento nem sequer foi aprovado ainda pelo Conselho Deliberativo.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠