Justiça proíbe Força Jovem do Vasco de frequentar eventos esportivos


Torcedor do Atlético-PR é espancando por Vascaínos em Joinville (Foto: Joka Madruga/ Futura Press)

 

A torcida Força Jovem Vasco (FJV) está proibida de frequentar qualquer evento esportivo. A decisão foi proferida pelo juiz em exercício na 1ª Vara Empresarial, Antônio Augusto de Toledo Gaspar, na quinta-feira. Segundo o site do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), a decisão amplia uma liminar deferida no dia 17 de janeiro que impediu integrantes da organizada vascaína de participarem de jogos de futebol por um ano.

A decisão foi tomada em função de uma ação ajuizada pelo Ministério Público após a briga entre torcedores de Atlético-PR e Vasco, na Arena Joinville, ocorrida em dezembro de 2013, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

O magistrado decidiu também por manter os efeitos da liminar anterior, que determina que os integrantes da FJV e outros denunciados pelo Ministério Público, envolvidos na briga em Joinville, compareçam à delegacia mais próxima da residência, ou em outro local pré-determinado pelo Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), 15 minutos antes das partidas. O torcedor poderá deixar o local apenas 30 minutos após o término do evento. Quem descumprir a decisão estará sujeito a pagar uma multa de R$ 2 mil por ocorrência.

Ainda como punição, caso a FJV descumpra a decisão do TJRJ, terá de pagar multa de R$ 10 mil. O integrante da torcida que não acatar a decisão será retirado do local do evento e irá responder pelo crime de desobediência. A Força Jovem também foi intimada a entregar um cadastro com a relação de todos os associados.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠