Reencontros do futebol: quatro atletas da Cabofriense já jogaram no Vasco


Carlinhos gol cabofriense x resende Carioca (Foto: Andreia Maciel)

 

O duelo entre Vasco e Cabofriense neste domingo será banhado pela nostalgia. Além do reencontro dos técnicos Alexandre Barroso e Adilson Batista – que trabalharam juntos no passado como preparador físico e jogador, respectivamente -, três atletas do Tricolor Praiano vão ter a oportunidade de enfrentar o ex-clube: Luizão, Victor Silva e Arthur. Sem condições de jogo por estar recentemente recuperado de uma lesão grave no joelho, Têti completa a lista daqueles que já vestiram a camisa do Cruzmaltino.

Grande parte da categoria de base de Arthur, de 21 anos, foi feita no Vasco. Ele se destacou em títulos dos juniores e recebeu o rótulo de joia. Porém, no ano passado, com a idade estourada e sem o interesse do clube em renovar seu contrato, o meia se transferiu para a Cabofriense.

– Foi uma época boa e de muito aprendizado. Fomos campeões com o time de júnior e toda a base foi fundamental para minha carreira. Até hoje recebo o carinho do pessoal de lá. Sempre me ligam para dar entrevistas para o site oficial. É muito gratificante esse reconhecimento com o atleta. Fiz muitos amigos por lá – disse Arthur, autor de um gol neste Campeonato Carioca.

Zagueiro titular na surpreendente campanha da Cabofriense até aqui no Carioca, Victor Silva é outro que tem o Vasco no currículo: foi, por sinal, o primeiro clube por onde atuou como profissional, em meados de 2007. Quando subiu para o time principal, Luizão, seu atual reserva no Tricolor Praiano, fazia parte daquela equipe.

– Claro que vestir a camisa de um gigante como o Vasco soma muito na carreira de um atleta, e na minha não foi diferente. Tinha muita gente boa, e vai ser uma alegria reencontrar o pessoal amanhã, aquela galera do apoio que está sempre nos bastidores é muito especial. Na hora que a bola rola é diferente, mas o carinho e respeito que tenho pelo clube são para sempre – destacou o zagueiro.

 
Victor Silva, zagueiro da cabofriense, marca Somália (Foto: Andreia Maciel)

Quarto colocado, com 18 pontos, o Vasco recebe a Cabofriense, que é terceira, com 19, neste domingo, às 18h30m. O jogo será um confronto direto por posições no G-4. Para Victor Silva, a campanha da equipe até o momento pode ser considerada histórica.

– Estamos fazendo história no clube com nossa campanha até o momento, mas não podemos descuidar um minuto. Temos uma sequencia difícil pela frente. Estamos focados e vamos buscar ainda mais nosso espaço – finalizou.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠