Dinamite lamenta morte de Travaglini: 'Conseguia tirar o melhor dos atletas'


Waldemar Pires, presidente do Corinthians, e Mario Travaglini (1981) (Foto: Agência Estado)

                                                                         Waldemar Pires, presidente do Corinthians, com Mario Travaglini em 1981

 

A morte de Mário Travaglini, na noite de quinta-feira, causou impacto em São Januário. O ex-técnico foi campeão brasileiro pelo Vasco em 1974 tendo como principal atacante o atual presidente do clube. Através do site oficial do Cruz-Maltino, Roberto Dinamite fez questão de se pronunciar e elogiou o profissional, que estava com 81 anos e morava em São Paulo.

– É uma grande perda. Mario foi um grande profissional e uma grande pessoa. Ele conseguia tirar o melhor de cada atleta tanto dos mais experientes, quanto dos que estavam subindo, como no meu caso. Sentimos muito pelo acontecido e ele é digno de todas as homenagens do nosso clube – declarou o mandatário.

O texto publicado ainda registra o luto e diz que o Vasco se solidariza à família de Travaglini, que tinha um câncer cerebral e estava internado há cerca de um mês.

Nascido em São Paulo, em 30 de abril de 1932, ele foi jogador nos anos 50, atuando pelo Ypiranga, Palmeiras, Nacional-SP e Ponte Preta. Pendurou as chuteiras aos 29 anos, em 1962. Foi técnico por mais de 20 anos e se aposentou definitivamente do futebol no meio dos anos 90.

Fonte: GloboEsporte

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠