Rodrigo Caetano protege ex-desafeto e retoma holofotes em 1ª crise do Vasco no ano


Rodrigo Caetano se apresentou para defender o Vasco e poupou Roberto Dinamite na primeira polêmica envolvendo o clube em 2014 – erro da arbitragem em derrota por 2 a 1 para o Flamengo no último domingo. A presença de Caetano para criticar e cobrar a arbitragem é parte da estratégia de evitar desgaste na imagem do mandatário cruzmaltino em ano eleitoral. Na última temporada, Dinamite não teve aliados fortes e se desgastou ao manifestar posições em assuntos relacionados ao rebaixamento e à tentativa frustrada de salvar o clube da queda nos tribunais.
Após ser demitido em 2011 por conflito de interesses e desacerto salarial e virar desafeto de Dinamite, Caetano recuperou o posto de destaque no retorno a São Januário neste ano e é usado como uma espécie de escudo em crises. O diretor executivo foi o escolhido para atacar e pedir punição ao auxiliar Rodrigo Saraiva Castanheira, que não viu a bola entrar em cobrança de Douglas no primeiro tempo do clássico pelo Campeonato Carioca.
A Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) já disse que não pretende punir o auxiliar, mas Caetano deixou recado em entrevista coletiva ainda no Maracanã. Em nome da diretoria do Vasco, o cartola usou discurso forte.
“A foto mostra claramente que não tem como ele [auxiliar Rodrigo Saraiva Castanheira] não ter visto que a bola cruzou a linha e entrou completamente. Fico triste, pois dependemos muito desses resultados. Por outro lado, aqueles que têm o poder durante os 90min continuam com suas vidas e profissão normalmente. Saímos todos tristes e decepcionados com o que ocorreu. O estádio viu e o Brasil viram essa vergonha”, atacou.
Enquanto isso, Dinamite fica longe do foco da polêmica. Apesar de já ter admitido que não irá concorrer às eleições presidenciais marcadas para este ano, o presidente quer evitar possíveis desgastes em situações críticas para não dar força às chapas de oposição no pleito – que ainda não tem data definida.
O plano é se manter alheio às polêmicas e só aparecer em momentos favoráveis. É assim que Dinamite deseja completar seu segundo mandato no Cruzmaltino. Neste ano, o mandatário foi presença garantida em apresentação de reforços e teve participação ativa em tais eventos – sempre ao lado de Caetano. Dinamite também participou da coletiva de imprensa de despedida de Juninho Pernambucano.
Na tarde de segunda-feira, o Vasco emitiu nota oficial em seu site em que reforça o desejo de que haja punição para a equipe de arbitragem do clássico contra o Flamengo. Dinamite não assinou o texto, ao contrário do que costuma acontecer em comunicados desta natureza.
Fonte: Uol
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠