Auxiliar de Vasco x Fla vai passar por exame de vista antes de voltar a atuar


 
Ao não sinalizar que a bola no chute de Douglas havia ultrapassado a linha, a vida de Rodrigo Castanheira se transformou. Nesta terça-feira, além de ter prestado queixa na delegacia por conta de ameaças recebidas, o auxiliar também deve ter sido informado de que passará por exame de vista.

A exigência é do presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, e foi confirmada por Jorge Rabello, presidente da Comissão de Arbitragem do Rio. Castanheira também será submetido a exames psicológicos e clínicos.

– Essa é uma decisão do presidente. Ele acha melhor que o Castanheira passe por esses exames para que sejam verificadas suas condições oftalmológicas, psicológicas e clínicas, antes que volte às atividades – disse ao GloboEsporte.com Jorge Rabello.

Mais cedo, à Rádio Brasil, Rubens Lopes havia dito que julgava ser necessária a realização dos exames para se encontrar a explicação do erro. A bola no chute de Douglas ultrapassou 33 centímetros e Castanheira, que estava a poucos metros do lance, não sinalizou o gol. O Flamengo venceu o jogo por 2 a 1.

– Esse árbitro tem 11 anos de atividade. Tem competência, preparo, qualificação e eficiência para exercer sua função. Ele é avaliado e vem apresentando resultado satisfatório. Não tem reciclagem. Temos que entender o motivo de não ter tomado a decisão certa. Isso a ciência pode responder. Vamos reexaminá-lo, teremos uma contribuição da oftalmologia. Não se pode falar em punição. Vamos ver se o psicólogo pode entender o que ocorreu. Vamos pegar esse cidadão e tentar entender. A ciência explica esse erro – disse Rubinho.

 
Rodrigo Castanheira auxiliar flamengo x vasco (Foto: ALEXANDRE BRUM/AGÊNCIA O DIA/Agência Estado)

Em janeiro, antes do início do Campeonato Carioca, Rodrigo Castanheira, ao lado de todos os árbitros e auxiliares, passou por testes de vista, psicológico e físico, sendo aprovado em todos. Os novos exames serão aplicados nos próximos dias.

Seu retorno aos jogos ainda não tem data para ocorrer, mas a tendência é que seja em duas semanas, caso seja aprovado nos exames. Castanheira deve ser escalado como árbitro principal em alguns jogos da Série B do Rio, função que exerce há alguns anos, e como auxiliar ao lado das balizas em partidas entre clubes pequenos da Série A.

Árbitro vai à delegacia prestar queixa

Nesta terça-feira, Rodrigo Castanheira, resolveu prestar queixa das ameaças que recebeu de torcedores do Cruz-Maltino na internet. Ele chegou por volta das 15h desta terça-feira à Cidade da Polícia, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, acompanhado da esposa, que é policial civil, e munido de um pen drive com provas de que foi intimidado.

Em seu depoimento na delegacia especializada em crimes na internet, Castanheira abordou todas as ameaças que recebeu, mas se focou principalmente na divulgação de seus dados pessoais, entre eles o endereço de sua residência, por parte de torcedores vascaínos no Twitter.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠