Auxiliar de Vasco x Fla faz queixa temendo por integridade física


Bernardo - Vasco (Foto: Reprodução/ Instagram)

 

Assustado com as diversas ameaças de torcedores vascaínos após não validar o gol na cobrança de falta de Douglas – no qual a bola passou 33cm da linha -, o auxiliar Rodrigo Saraiva Castanheira já teme pela integridade física dele e da própria família.

De acordo Jorge Rabelo, presidente da Comissão de Arbitragem de Futebol do Rio de Janeiro (Coaf-RJ), Rodrigo Castanheira foi, na tarde desta terça-feira, junto com a esposa na Cidade da Polícia para denunciar as intimidações que vem recebendo nas redes sociais.

– Neste momento, ele está na Cidade da Polícia para registrar um boletim de ocorrências, prestar queixas e apresentar documentar todas as ameaças que vem sofrendo desde então. Ele que reuniu todas em um pendrive. A esposa dele é policial civil e está o acompanhando no caso – comentou Rabello.

Após o erro, Rodrigo Saraica Castanheira não foi relacionado na escala de arbitragem para nenhum jogo sequer da nona rodada do Campeonato Estadual. Porém, a medida é para que consiga resolver todos os problemas ocorridos depois do clássico e siga na rotina suporte psicológico.

– Esse suporte psicológico já é de praste na Federação e só não foi relacionado para a nona rodada, pois ainda precisa de um tempo para resolver toda essa burocracia, resolver as coisas no trabalho dele e ficar um pouco mais tranquilo. Não estamos com pressa – o presidente da comissão.

Por sua vez, o juiz do clássico, Eduardo Guimarães está escalado como auxiliar de linha, mesma função de Rodrigo na partida entre Vasco e Flamengo, no jogo Resende e Duque de Caxias, quarta-feira, às 16h, no Estádio do Trabalhador.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠